Badesc apresenta Epifânicas, de Clara Fernandes

A Fundação Cultural Badesc abre no dia 23 de julho, quinta-feira, a partir das 19h, a exposição Epifânicas, de Clara Fernandes.

Epifanicas Madona

No Espaço Fernando Beck, a artista apresentará instalações, desenhos e tramas criadas a princípio por uma proposição performática de um conjunto de leituras e reelaborações sobre textos bíblicos e de mitologia em que referencia plástica e metaforicamente a presença de deuses e santos, musas e anjos. A exposição tem curadoria de Rosângela Cherem.

A criação de Epifânicas inicou em março de 2013, quando Clara Fernandes visitou a Praça da Sé e arredores, em São Paulo. Os desenhos apresentados foram criados na concepção de um storyboard para a performance e aproximam uma relação dos objetos encontrados na mostra e o assunto proposto pela artista com o espectador.

A maioria das nove instalações apresentadas pela artista se aproximam do habitat onde Clara mora – o interior da Ilha de Santa Catarina – apresentando elementos da flora nativa, com é o caso da embiruçu e da sibipiruna, donde são extraídos materiais para confecção das obras. É por meio destes materiais naturais em suportes de metal, madeira e seda que a artista explora as escrituras dos profetas maiores, fazendo coexistir etéreo e terreno numa concepção expandida do tempo.

Sobre a artista

Clara Fernandes nasceu em São Paulo, estudou na faculdade de Psicologia da PUC e na Escola de Comunicações e Artes da USP. Vive e trabalha em Florianópolis desde 1983 e desde 1985 participa de mostras coletivas, com destaque para XV Artistas Brasileiros (MAM SP, RJ e BA – 1996-97) Arte Contemporânea da Gravura (Museu Metropolitano de Curitiba PN – 98), Perspectiva das Artes Plásticas no Estado de Santa Catarina (Museu Marta Traba, no Memorial da América Latina, SP – 2003), Faça algo errado e diga que fui eu que mandei fazer (SESC Joinville 2011), Armazém (Museu Victor Meirelles, Florianópolis, 2012). Entre as mostras individuais, com destaque para Terral (1990), Iluminuras (1997), Impenetrável (1998), Abissais (2000), Vazante (2001), Lume (2008-2010), Cartas ao Mar (2010-2013). Entre as mostras coletivas, destaque para Clara realiza intervenções espaciais e urbanas desde 1989.

No site é possível conhecer mais sobre o trabalho da artista.

Serviço
O quê: abertura da exposição Efipânias, de Clara Fernandes
Quando: 23 de julho, quinta-feira, às 19h
Visitação: até 27 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 12 às 19h
Onde: Espaço Fernando Beck, da Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – Fone 3224-8846
Entrada gratuita

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *