Garantido Cacau, foi o Aibil Barreto quem deu a tijolada

O Cacau Menezes, na sua coluna de domingo, 01/03, no DC relembra algumas “mancadas” de locutores da época em que ele recém havia nascido.

Aibil Barreto

Aibil Barreto

Em Coisas do Rádio ele escreve: Esse negócio de dar a hora certa em emissoras de rádio às vezes gera alguns problemas. Na Rádio Blumenau, de Blumenau, em 1984, durante a segunda grande enchente que atingiu a cidade, o locutor Nelson Carlos resolveu enfeitar na hora de dar a informação para aos ouvintes e saiu com essa: Agora são 12 horas, a hora em que os ponteiros estão trepados.

Na Rádio Rural de Fraiburgo, no Meio-Oeste, em 1982, o comunicador Mosca comeu mosca, olhou rápido demais para o relógio e depois tentou corrigir: A hora certa que informamos anates estava errada.

E finaliza o Cacau: Essa não se sabe em qual emissora aconteceu, mas há quem garanta que foi na Rádio Anita Garibaldi de Florianópolis. O locutor Aibil Barreto mandou: Acompanhe a hora certa. Agora são… agora são… quem foi o fdp que tirou o relógio da parede?

O fato, me foi confirmado pelo Cyro Barreto, irmão do Aibil e também locutor na emissora que era de propriedade do irmão mais velho deles, o doutor JJ Barreto. Isso ocorreu em 1957 e tem mais um detalhe curioso. Era à noite, havia terminado a (então) Hora do Brasil, e o Aibil falava direto do auditório, que estava lotado para mais um programa de variedades, com músicas ao vivo, esquetes humorísticos e notícias de utilidade pública.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *