HB 103: Ângelo Dias buscava caças de pelo, peixes e aves

A subida do rio Itajaí-açu foi emocionante. O desembarque inesquecível. O chão escolhido para a primeira exploração situava-se entre a foz do Ribeirão Garcia e do Ribeirão da Velha. Para qualquer direção que se olhasse, só a floresta virgem. O acampamento foi armado junto ao Ribeirão da Velha, região onde hoje se encontram os prédios da prefeitura e do antigo fórum. Ângelo Dias – o maior conhecedor dos perigos da selva naquele grupo – saía em busca de caça de pelo, peixes e aves.  Dr. Blumenau e Hackradt efetuavam pesquisa nos cursos d´água inferiores do Velha, Bom Retiro, Garcia e do próprio Itajaí até a altura do Salto.

Feito o reconhecimento desta região resolveram avançar. Partindo da foz do Ribeirão da Velha, as duas canoas rumaram em direção ao Salto, trecho vencido com alguma dificuldade. Nas proximidades do Passo Manso separaram-se. Coube a Hackradt explorar o Rio do Testo, a região das Itoupavas e as cercanias mais próximas do acampamento. O Dr. Blumenau incumbiu-se de explorar o Itajaí rio acima. Onde hoje está situada a cidade de Indaial encontrou-se numa encruzilhada. Decidiu, então, conhecer o Rio Benedito, que o impressionou por sua serenidade e majestoso caudal. Ali armou um entreposto da expedição. Aliviou a carga da canoa, deixando parte da bagagem e da munição.
A cada trecho vencido pela embarcação, novo encantamento. Cada detalhe era anotado com muito carinho pelo explorador. Tinha profunda consciência da importância dessas informações para o futuro. Chegaram à desembocadura do Rio dos Cedros. Impasse! Ângelo Dias ponderou que a partir dali o risco de ataque dos indígenas era muito grande. Dr. Blumenau quis prosseguir. O caboclo recusou-se. Dr. Blumenau chegou a considerá-lo um “poltrão” por causa da atitude.  Para se ter idéia da dimensão do vocábulo é preciso saber que poltrão significa covarde, fraco, medroso, pusilânime, tímido, etc.. Naturalmente, o caboclo devia desconhecer esses sinônimos. Do contrário teria reagido com a dignidade típica das pessoas simples. Venceu a prudência e acabaram voltando.  A seguir: conta a história que a razão principal da atitude de Ângelo Dias foi o término da provisão de cachaça.

 

Categorias: , , Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *