HB 66: Blumenau elege seus primeiros vereadores em 1882

Blumenau passou a município pela Lei 860, sancionada pelo Presidente da Província em quatro de fevereiro de 1880. Vimos, também, que uma enchente de grandes proporções – a maior até então sofrida pela colônia – protelou os atos de instalação do município. As providências do governo, que mandou para cá o engenheiro Joaquim Rodrigues Antunes, com tarefas exclusivas de reconstrução da colônia e preparação do ambiente para a instalação, prolongaram-se. Durou até janeiro de 1883, por conta de dificuldades que retardaram o processo de consagração da emancipação política. 

Em julho de 1882 aconteceu a eleição dos primeiros vereadores de Blumenau. Quarenta e nove eleitores foram às urnas. Quatorze eram do distrito de Blumenau e trinta e cinco do distrito de Gaspar. A lei determinava a eleição de sete representantes do povo na Câmara Municipal. De quantos colocaram seus nomes à disposição, foram eleitos os seguintes candidatos: Luiz Sachtleben, Otto Stutzer, Jacob Zimmermann e Francisco Sálvio de Medeiros. Para juízes de paz foram eleitos o Dr. W. Eberhardt, com onze votos; Júlio Baumgarten – dez votos; Francisco da Rocha – oito votos – e Guilherme Scheefer, também oito votos.
 
Mas essa eleição teve seus problemas. O primeiro deles é que a lei determinava sete vereadores e foram eleitos apenas quatro. Ficou designada, então, a data de trinta de julho para realização de novo pleito. Nele os três nomes consagrados foram José Henrique Flores Filho, que veio a ser o primeiro presidente do Poder Legislativo; José Joaquim Gomes e Henrique Watson. Os dois primeiros eram moradores do distrito de Gaspar e o último da vila de Blumenau. Foram escolhidos, ainda, pelos eleitores, os suplentes de Vereador Adão Schmitt, de Gaspar, e Guilherme Scheefer, por Blumenau. O Dr. W. Eberhardt, eleito com um dos juízes da Paz, foi destituído mesmo antes da posse. Na condição de Agente do Correio não podia concorrer a cargo eletivo.
 
No próximo capítulo: finalmente a instalação do município de Blumenau.

Categorias: , Tags: ,

Por Vilarino Wolff

Radialista, jornalista, escritor e ator (teatro e cinema). No rádio foi comentarista político e comunitário, animador de auditório, apresentador de programas, noticiarista, narrador, locutor de comerciais e cerimonialista. Como político foi eleito para vários cargos públicos em Lages e Blumenau onde reside atualmente.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *