“Helena, Helena… vem me consolar”

Helena Martins de Souza, nasceu no Estreito em 04/09/1942 e logo despontou como uma garota precoce.

Helena Martins, menina precoce, com seis anos dominava os auditórios com uma força e garra incomum. Carismática e boa intérprete, destacou-se cantando os maiores sucessos da música brasileira romântica. Cantou profissionalmente nas emissoras e clubes da Capital na Era de Ouro do Rádio. See more at: http://www.carosouvintes.org.br/%e2%80%9chelena-helena-  vem-me-consolar%e2%80%9d/Começou aos seis anos de idade cantando nos programas infantis da Rádio Guarujá dirigidos por Hélio Teixeira da Rosa, Acy Cabral Teive, Maria Alice Barreto e Mozart Regis, o Pituca. Esse foi o início de uma carreira artística que se estende por mais de cinqüenta anos.

Helena atuou por muitos anos nas rádios Guarujá, Anita Garibaldi e Diário da Manhã de Florianópolis e representou o estado de Santa Catarina no programa do animador César de Alencar no auge da Rádio Nacional do Rio de Janeiro. Cantora no estilo romântico foi crooner da Orquestra do Clube 12 de Agosto e por muitos anos apresentou-se em shows como Uma Casa Portuguesa, Uma Noite em Paris, Maracatu, Uma Noite no Cassino de Estoril, entre muitos outros.

Em 2001, gravou o CD As Rosas Não Falam e atualmente se dedica a apresentações em festas particulares, eventos e shows beneficentes.

Despretensiosa e ao mesmo tempo cativante, quando chamada ao palco, subia no banquinho para ficar mais perto do microfone e logo soltava a voz. Ah! E como era diferente, meio rouca, parecia às vezes soar um pouco desafinada, mas tinha o encanto de quem sabe o que faz. No instante seguinte, todos entendiam, ela era diferente, única, inigualável.

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] Menina precoce, com seis anos dominava os auditórios com uma força e garra incomum. Carismática e boa intérprete, destacou-se cantando os maiores sucessos da música brasileira romântica. Cantou profissionalmente nas emissoras e clubes da Capital na Era de Ouro do Rádio. Em 2001, gravou o CD As Rosas Não Falam e atualmente se dedica a apresentações em festas particulares, eventos e shows beneficentes. Leia mais. […]

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *