Internet 2025

Rádio CBN Brasil | MUNDO DIGITAL, com Ethevaldo Siqueira
Milton – Ethevaldo, hoje é sexta-feira, dia de falarmos sobre o futuro. Você prometeu falar sobre o futuro da internet em 2025.
Ethevaldo – A humanidade prepara a implantação de uma das formas mais abrangentes de internet: a internet das coisas. E, segundo uma entidade internacional, a ABI Research, neste ano mais de 5 bilhões de dispositivos já estarão sendo utilizados em todo o mundo nesses projetos, a começar dos dispositivos RFID (identificadores por radiofrequência).

Milton – Isso ainda não parece mais ficção do que realidade?
Ethevaldo – Parece, Milton. O que é importante nesta altura é compreender que o mundo das comunicações só trabalhava com a comunicação entre pessoas, ou interpessoal: homem-homem ou pessoa-pessoa. Mais recentemente, surgiu a comunicação homem-máquina H-M. E agora, começamos a viver a comunicação máquina-máquina (M-M). Com essa nova comunicação, todos os objetos, peças, livros, CDs, DVDs, ou qualquer conjunto de coisas poderão ter endereços na internet e serem localizados instantaneamente, onde estiverem, em meu escritório, em minha casa, no Brasil ou no mundo. Será o nascimento da internet das coisas.

Milton – E haverá endereços disponíveis para todos essas coisas?
Ethevaldo – Com o novo protocolo IPv6 – que substituiu o IPv4 – a quantidade de objetos com endereço próprio na internet poderá chegar a um número quase infinito, superior a tudo que imaginamos, que escreveremos assim: 340 seguido de 36 zeros. Ou em notação científica: 3,4 vezes 10 elevado à 38ª potência.

Milton – E a tecnologia dessa internet das coisas já está pronta, preparada para a decolagem?
Ethevaldo – Já, Milton. O protocolo da internet já está preparado, as máquinas já se comunicam, já utilizam os chips do tipo RFID (identificadores por radiofrequência). E vale lembrar que esses chips já se comunicam por meio das várias redes sem fio disponíveis no mundo, a começar das conhecidas redes Wi-Fi, ou outras menos conhecidas como Zigbee, UWB (UltraWide Band) e NFC (Near Field Communications).

Milton – E como será o cenário de 2025 nesse ponto.
Ethevaldo – Nesse ano, os futuristas da tecnologia estimam que o mundo terá mais de 200 bilhões de dispositivos de comunicação M-M ou máquina-máquina. A boa notícia é que, em 2025, eu poderei achar qualquer música armazenada em meu servidor digital, qualquer livro disponível no mundo ou qualquer outro objeto catalogado na internet das coisas.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *