J. Gonçalves: nosso primeiro locutor a se aposentar

Ele começou na Difusora, fez um teste para locutor e foi o primeiro dentre os 33 inscritos. Extremamente simpático, vendia com facilidade os comerciais pedalando sua bicicleta tanto quanto falava com desenvoltura ao microfone. Logo se transformou no mais ouvido locutor apresentador, locutor esportivo, presidiu sindicatos, entrou na vida política, foi deputado estadual por duas vezes e lançou nomes expressivos no rádio. Fundou a Rádio Cultura de Joinville em 1959, no dia 1º de julho, data de aniversário da filha Rosita. Por lá trabalharam pessoas hoje expressivas em várias áreas, tais como, Ramiro Gregório da Silva, Salomão Ribas Jr (Tribunal de Contas), Osmar Ayres Teixeira, Pedro Lopes, Ney Botto Guimarães, Clésio Búrigo, Marco Antonio, JB Telles, Lourival Budal, Deny Reis, dentre outros.  Tenho para com ele uma grande dívida de gratidão, pois me lançou no rádio logo após sua emissora entrar no ar. Graças a ele ainda estou por aqui há quase cinqüenta anos na profissão, hoje dirigindo o Sindicato Regional dos Profissionais em Rádio e TV. Jota Gonçalves foi o primeiro radialista a se aposentar como locutor de rádio em Santa Catarina e disso tinha muito orgulho. Sua lição de honestidade, amizade e profissionalismo quero aqui registrar na história do Rádio de Santa Catarina, o nome de um grande homem, que, sempre soube honrar e dignificar a profissão de radialista.

Fonte: http://radialistasc.zip.net/

1 responder
  1. Roberto Gonçalves says:

    Que ORGULHO ter a FELICIDADE de ter tido um PAI MARAVILHOSO,QUERIDO e com uma VISÃO apaixonante pelo RADIO no longinquo ano de 1959.E é muito GRATIFICANTE poder ler um artigo verdadeiro,redigido com o coração depois de tantos anos.PARABENS.
    Saudades de vc PAI QUERIDO>BEIJOS.
    Seu Filho Roberto

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *