Jingle: o caminho para memorização da marca

Desde 1977 foi saudado, quando foi lançado, o Dicionário Brasileiro da Comunicação informa: “Jingle – Modalidade de publicidade radiofônica, gravada, usando música e texto.

Pedro-PauloO dicionário, lançado pelas Edições Mercado Global, contou com a apresentação de Walter Clark, diretor da Rede Geral da Rede Globo, destacando: “A extraordinária evolução técnica da mídia brasileira já pedia há muito uma codificação de sua linguagem, e a maturidade que se atingiu no setor reclamava uma obra como esta”.

E acrescenta: “A um tempo dicionário e livro de texto, por não limitar-se a curtos verbetes, ela transcende à condição de glossário para tornar-se obra de referencia, útil aos técnicos, necessário aos iniciantes, indispensável a quem lide com mídia no Brasil”. E enfatiza: “Ao propor o abrasileiramento do vocabulário de mídia, presta um serviço cultural que já se considerava imprescindível no meio”.

Seguindo por caminhos semelhantes, mas sob a luz de outros estudiosos, o acadêmico de publicidade do Curso de Comunicação Social da Unisul, Pedro Paulo Barbosa e Fernandes de Oliveira, consegue mapear um programa de estudos com a apresentação e defesa de seu Trabalho de Conclusão de Curso, em novembro de 2013.

Desse trabalho destaco alguns pontos que você poderá ler com detalhes no texto que nos serviu de base para a entrevista que o Pedro Paulo me concedeu na segunda-feira, 24/11 e que você pode ouvir no podcast desta edição do Ponto de Encontro.

 

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *