José Edmar Predebon: eu estou só me divertindo

Estas matérias que venho rotulando com o carimbo “Ponto de Encontro”, são mais um exercício de comunicação do que propriamente matéria jornalística.

Jose Predebon

Não tem estúdio, não tem tratamento acústico, não tem nem microfone. Mas tem até som de alarme de carro que disparou no piso de garagens do nosso edifício e também contou com a participação de duas respeitáveis senhoras que emprestaram um charme especial ao acontecimento: as nossas esposas. A Helô do Predebon e a Nivalda do locutor que vos fala/escreve. Predebon e Helô residem em São e nos conhecemos no final do século passado quando, eu professor de uma disciplina de marketing, então lecionando no curso de Administração da ÚNICA, oferecido pela FESAG – Fundação de Estudos Superiores de Administração e Gerência, de Florianópolis. Eu queria dar ênfase num aspecto fundamental para o profissional das diferentes áreas do marketing – a criatividade. Levantei a questão com a direção da FESAG e recebi a autorização para buscar o melhor que eu pudesse para impactar a turma de alunos.

Sem perda de tempo, solicitei ligação telefônica para a ESPM – Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo, falei direto com o presidente e pedi sugestões de nomes para ministrar uma “Oficina de fim de semana”, na nossa Faculdade. Inspirado na maneira como ele se referiu aos nomes que sugeria, fui direto em busca de contato com o professor José Edmar Predebon. Rapidamente nos acertamos nas questões financeiras, data, horário e programa de atividades.

CriatividadeabrindoladoTornamo-nos amigos, trocamos correspondência seguida, ele e a esposa têm visitado Santa Catarina quase que anualmente como aconteceu agora neste fim/início de semana. Ontem, sábado, 5/3/2016, vieram nos visitar e passamos uma agradável tarde falando de tudo um pouco: do que entendemos, do que não entendemos, do que pensamos e aí chegamos às palavras de Buda: nós somos o que pensamos que somos.

Não deu outra, liguei a gravadora do iPhone e botamos para quebrar. Nesse momento a Nivalda, minha doce consorte, falava sobre a falta que fazem os exercícios físicos no período escolar – do pré à graduação universitária. Daí emendamos com algumas considerações que esperamos você possa tirar algum proveito desses 30 minutos de conversa. A Helô, esposa do Predebon falou pouco, mas presta uma atenção!

Durante a conversa nos referimos ao livro Criatividade – Abrindo o Lado Inovador da Mente, lançado em 8a. edição pela Pearson Education do Brasil, em 2013.

Caro leitor/ouvinte, grato pela companhia até aqui. Boa audiência. Inclua suas ponderações na seção Comentários e retorne sempre.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *