Lançamento de livro, documentário e exposição marcam 125 anos de Ildefonso Juvenal da Silva

Acontece na quarta-feira, dia 10/04, a solenidade alusiva aos 125 anos do jornalista Ildefonso Juvenal da Silva.

Para este dia, está prevista a abertura da exposição Ildefonso Juvenal da Silva: um memorialista negro na imprensa catarinense; o lançamento do livro Ildefonso Juvenal da Silva: um memorialista negro no sul do Brasil (Biografias, Crônicas e Discursos) e do documentário Uma herança, um dom! Aspectos da vida e obra do intelectual Ildefonso Juvenal da Silva. O evento acontece na Biblioteca Pública de Santa Catarina, às 19h. A entrada é gratuita.

O livro organizado pelo historiador, Fábio Garcia, reúne 90 artigos escritos por Juvenal da Silva entre os anos de 1911 a 1964. A obra é o resultado de mais de 15 anos de pesquisa em arquivos, bibliotecas, entrevistas com membros da família de Juvenal. Por meio desse trabalho foi possível reunir elementos importantes da sua trajetória de vida, bem como parte de sua atuação profissional. Foram identificados 19 livros em prosa, poesia, contos, teatro, discursos, entre outros gêneros. Na imprensa catarinense foram encontrados mais de 400 artigos de sua autoria, entre periódicos e revistas literárias.

A exposição contará com um acervo de 32 imagens que retratam aspectos autobiográficos do escritor, suas preocupações com a preservação da memória sobre a vida e obra do poeta Cruz e Sousa, entre outros temas como a miséria, questões sanitárias, epidemias, valorização da Educação como forma de combater as desigualdades sociais, o preconceito e o racismo.

O evento contará ainda com o lançamento do documentário Uma herança, um dom! Aspectos da vida e obra do intelectual Ildefonso Juvenal da Silva, dirigido por Renan Ramos Rocha e produzido em parceria com a Iashar filmes.

A solenidade é uma organização da Editora Cruz e Sousa, em parceria com a Fundação Catarinense de Cultura/Biblioteca Pública de Santa Catarina, e conta com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal no Estado de Santa Catarina – SINPREVS/SC, Iashar Filmes e Jornal Nação Z.

Serviço:

O que? Celebração dos 125 anos Ildefonso Juvenal da Silva

Quando? 10 de abril, quarta-feira, 19h

Onde? Biblioteca Pública de Santa Catarina – Rua Tenente Silveira, nº 343, Centro

Valor? Entrada gratuita

Sobre Ildefonso Juvenal da Silva:

Ildefonso Juvenal nasceu em 10 de abril de 1894, filho de pai alforriado e mãe liberta, encontrou na Educação um instrumento para combater as desigualdades sociais.

Sua estreia no cenário literário de Florianópolis ocorreu em 1914, aos 20 anos, ao publicar, com recursos próprios, o livro Contos Singelos. Na Polícia Militar, trabalhou como professor de alfabetização e mais tarde, após formado farmacêutico pelo Instituto Politécnico de Florianópolis, organizou o setor de Farmácia da instituição, chegando à Major no final de sua carreira militar.

Membro de diversas associações literárias, foi cofundador da Associação dos Homens de Cor, do Centro Cívico e Recreativo José Boiteux, do Centro Catarinense de Letras, da Associação Promotora da Herma de Cruz e Sousa e da Associação dos Farmacêuticos de Santa Catarina. Pertenceu ainda como membro correspondente da Academia Rio-Grandense de Letras, Rio Grande do Sul, da Academia de Letras José de Alencar – Paraná, da Academia de Letras do Paraná, do Instituto Histórico de Geográfico de Santa Catarina e da coirmã na cidade de Santos, São Paulo.

Ao longo de cinquenta anos, publicou sobre os mais variados campos do saber, totalizando dezessete obras, além de numerosos artigos dispersos nos jornais locais e nos periódicos do Rio Grande do Sul, Paraná e São Paulo.

(Informe Floripa, 07/04/2019)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *