Leite Materno

O rádio é o veículo de comunicação mais democrático. Transmite de qualquer local e nas situações mais adversas. O improviso é uma das ferramentas dos comunicadores.
Por Léo Saballa

E é graças a isso que o rádio rende histórias hilariantes, como a intervenção de um repórter na campanha lançada pela rádio Colon de Joinville para arrecadar alimentos para os flagelados da enchente de Blumenau em 1983.

Em 1983 uma enchente arrasou Blumenau e algumas cidades próximas. As imagens da catástrofe corriam o país, chamando a atenção para o drama vivido em Santa Catarina. Milhares de pessoas sofriam com falta de alimentos, água, agasalhos e medicamentos. As emissoras de rádio de Santa Catarina formaram uma verdadeira rede de solidariedade para ajudar os flagelados. Comunidades inteiras se mobilizavam. Poucas vezes se viu tamanho espírito coletivo de cooperação.

Em Joinville, a Rádio Colon AM, desempenhou importante função ao informar e conscientizar a população. Ramiro Gregório da Silva comandava a equipe do estúdio e os repórteres saíam em busca das informações. Delzi da Rosa observava a chegada dos donativos no ginásio de esportes e fazia seguidas intervenções, pelo telefone, informando sobre a movimentação no local.

– E aí Delzi, a nossa gente de Joinville está ajudando os irmãos de Blumenau?  Perguntou Ramiro.
– Olha só, Ramiro, já temos mais de 50 toneladas de água e alimentos não perecíveis. Mas a Defesa Civil pede encarecidamente que a população também ajude as criancinhas de Blumenau, enviando aqui para o ginásio, o que for possível de leite materno infantil, lascou o repórter.
– Como é que é, Delzi? Acho que você está querendo dizer leite em pó para consumo infantil. É isso? Insistiu o coordenador da transmissão.
– É, é isso mesmo Ramiro. Eu me confundi um pouco. Na verdade há uma necessidade muito grande de leite materno infantil em pó.


{moscomment}

Categorias: Tags: ,

Por Léo Saballa

Radialista, publicitário e produtor cultural. Residente em Joinville/SC, atuou em diversas emissoras de rádio em Santa Catarina. Como jornalista, foi editor de Política e de Geral no jornal A Notícia de Joinville, onde é cronista no caderno AN Cidade. Léo tem prestado assessoria de imprensa para entidades filantrópicas.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *