Lula e a mentira de perna curta

selo-apontamentos1)“Nós ganhamos as eleições com um discurso e, depois das eleições, nós tivemos que mudar o nosso discurso e fazer aquilo que a gente dizia que não ia fazer. Esse é um fato, esse é um fato conhecido de 204 milhões de habitantes e é um fato conhecido da nossa querida presidenta Dilma Rousseff”, disse Lula em discurso a dirigentes do Partido dos Trabalhadores durante reunião do diretório nacional. Se Lula seguisse seu padrão de fala curta e grossa com que ataca adversários, diria, simplesmente: “nós mentimos para poder ganhar a eleição”

2) Muitos afirmam que é mais fácil fazer as pessoas acreditarem numa grande mentira dita muitas vezes, do que numa pequena verdade dita apenas uma vez. Esta frase é do Ministro da Propaganda Alemã Joseph Goebbels no Terceiro Reich.

3) Pinóquio é um boneco de madeira que ganha vida. O amigo grilo aconselha a não se meter em confusão, mas ele não ouve a sugestão. Para esconder suas ações, mente ao seu criador, o bondoso Gepeto, e a cada mentira, o nariz de Pinóquio cresce.

4) Víctor Lustig foi um famoso golpista do início do século XX que nasceu na República Theca, fluente em vários idiomas Ficou mundialmente conhecido por ser o homem que vendeu a torre Eiffel duas vezes.

5) Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901), um dos maiores pintores do mundo também entrou para história por causa de um dom menos nobre. O artista mentia tanto e com tanta frequência, que nos bares da boemia parisiense diziam que seu talento com as lorotas era tão grande quanto com os pincéis. A baixa estatura do pintor, causada por um defeito que prejudicou o crescimento das pernas, somada às suas mentiras, originou o famoso ditado “mentira tem pernas curtas”.

6) Thomas Sowell, economista da Universidade de Stanford, nos EE.UU, afirmou: “O fato muitos políticos de carreira serem mentirosos descarados, compulsivos não é apenas característica inerente à classe política; é também reflexo do eleitorado. Quando as pessoas querem o impossível, só os mentirosos demagogos podem satisfazê-las. Porém, quando a realidade se impõe e os efeitos econômicos de medidas populistas começam a cobrar seu preço, os eleitores finalmente percebem que foram enganados. E então começam a reclamar que os demagogos os enganaram e venderam ilusões.

7) Honoré de Balzac, politico e escritor francês (1799~1850) disse: “Existem dois tipos de história mundial: uma é a oficial, mentirosa, própria para as salas de aula; a outra é a história secreta, que esconde a verdadeira causa dos acontecimentos”

8) Abraham Lincoln, ex-presidente dos Estados Unidos (1809-1865), tem uma frase célebre: “Pode-se enganar a todos por algum tempo; pode-se enganar alguns por todo o tempo; mas não se pode enganar a todos todo o tempo.”

Passeio em tempos diferentes da história revela que sempre houve preocupação com a mentira. Lula, et caterva, nada inventou. Apenas seguiu o padrão que condenava nos discursos e que prometeu acabar quando chegasse ao poder. Hoje não há prazer em ver no que ele se tornou. Quem esteve no campo de luta fica triste ao constatar que o pretenso gigante não passava de pigmeu falastrão. Lula bota na lata do lixo a esperança que levou gente a lutar, ser presa, torturada e até morrer para dar fim à ditadura militar.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *