MCTIC extingue 130 rádios comunitárias em 24 estados no último dia de 2018

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) publicou no Diário Oficial da União (DOU) do dia 31 de dezembro, a extinção de outorga de 130 rádios comunitárias em diversas cidades de 24 estados.

Segundo as informações do (DOU), a maior parte das extinções se deu pela falta da renovação das outorgas das emissoras.

Minas Gerais foi o estado que mais teve rádios comunitárias extintas. Ao todo, foram 27 portarias que extinguiram rádios no estado mineiro. Em segundo lugar ficou São Paulo, que teve 20 emissoras extintas pelo MCTIC. Acre, Amapá, Pará, Paraíba, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Roraima e Mato Grosso tiveram uma rádio extinta em cada estado.

As portarias foram publicadas no último dia do ano, marcando a despedida do ex-ministro Gilberto Kassab. Com a mudança de governo, o MCTIC também passou a ter um novo ministro. O astronauta Marcos Pontes assumiu a pasta e anunciou a composição do ministério (que conta com militares), Anatel e um nome político em sua nova gestão.

O MCTIC conta atualmente com Júlio Semeghini (ex-deputado do PSDB) na secretaria executiva, Vitor Meneses (ex-superintendente da Anatel) na secretaria de Telecomunicações, coronel Elifas Gurgel (Radiodifusão), enquanto o brigadeiro Antônio Franciscangelis assume a secretaria de Planejamento e Controle.

(Fenaert, 08/01/2019)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *