Melhor do Choro na Capital

Na época de ouro do rádio um dos gêneros musicais que tinha o seu lugar de destaque nas emissoras de todo o Brasil era o choro. Tico-Tico no Fubá, Carinhoso e Brasileirinho marcaram gerações.
Por Marco Aurélio Gomes

Reviver um pouco desta magia sonora que permaneceu por longo tempo nas ondas hertzianas é uma das propostas do Clube do Choro de Florianópolis que se despede de 2005 em grande estilo. Grupos, músicos e instrumentalistas prometem uma noite inesquecível, com o melhor do choro, no dia 15 de dezembro, às 21h, no Centro Integrado de Cultura (CIC). O show contará com a presença de um time de talentos: Quinteto do Clube, Ginga Mané e convidados.
O choro é sem dúvida o gênero musical mais autêntico da música popular brasileira. Desde a década de 1930, grupos regionais como Mandinho, Célio, Avico, Zequinha entre outros, contribuíram como marco deste gênero na Capital. Nos últimos anos, esforços das gerações dos chorões no fortalecimento de uma cultura local própria resultou na criação de um espaço capaz de abrigar instrumentistas.
Assim foi fundado em março deste ano, o Clube do Choro de Florianópolis, o primeiro do Estado. “Buscamos através do Clube do Choro  valorizar a música instrumental brasileira, em especial o gênero ´choro`. Além disso, procuramos promover um intercâmbio de instrumentistas de todas as gerações e de todo o Estado”, explicou o presidente do Clube, João Pontes. Os ingressos podem ser adquiridos no CIC e no Centro Musical Wagner Segura.


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *