Mercado de comunicação cresce em SC

Nos últimos meses, vários novos veículos surgiram em Santa Catarina. Jornais, rádios, sites e revistas estão aí novinhos em folha. Ótimo para os leitores, bom para os empresários, que cada vez mais anunciam para públicos específicos.
Por Eliane Ramos
Revista da ACP/Setembro de 2005

Já se foi a época em que apenas o Jornal Nacional e meia dúzia de jornais eram as fontes de informação para um público amplo e variado.
A cada dia novas publicações surgem no mercado e, para perceber isso, não é necessário ser um “expert” em comunicação. Basta dar uma olhada nas bancas de revistas, navegar na internet ou ligar o rádio.
A cada dia surgem novos veículos e Santa Catarina não está fora desse cenário. Vanderlei Gouveia percebeu a oportunidade e lançou a Gazeta Litorânea, periódico que circula na Grande Florianópolis. Gouveia explica que não usa as mesmas táticas das publicações diárias: “diferentemente dos outros jornais, não buscamos o “furo”. Como a Gazeta é semanal, as matérias não são as mesmas que vão estar nos outros jornais. Optamos por assuntos de interesse geral como saúde, educação, informática, beleza e comportamento”.


Marcelo Marino: Rádio Band AM já colhe resultados positivos.

Além dos jornais, o número de revistas também está aumentando. A Unimed, que já conta com jornal, boletim on line e página na internet, apostou na publicação de uma revista trimestral. O trabalho de produção da revista começou bem antes da publicação chegar aos clientes, comenta Marcolino Cargnin Cabral, vice-presidente da Unimed. “Trabalhamos intensivamente junto ao Comitê de Comunicação que é formado por publicitários, jornalistas e profissionais da Unimed de várias áreas. Na revista, além de saúde, há matérias que vão de esporte até gastronomia”, conta.
Internet e rádio
Do jornal imprenso para a internet: assim foi a trajetória do jornalista Ricardinho Machado. O colunista, que durante 10 anos foi responsável por uma das páginas do jornal A Notícia, mergulhou de vez no mundo virtual e lançou uma coluna e uma revista semanal na internet. O colunista comemora os resultados. “Hoje parte do comércio ocorre via internet e a proliferação de idéias corre o mundo via leitura eletrônica. Ganha quem faz, ganha quem vê”, comenta.
O rádio também tem seu público cativo e por isso novos veículos aparecem a cada dia. Uma das mais novas é a Radio Bandeirante AM, que faz parte do mesmo grupo da TVBV e da Band FM. O coordenador geral da Bandeirante AM, Marcelo Marino diz que o retorno do ouvinte tem sido positivo. “O resultado do nosso trabalho é percebido nas ligações que recebemos na rádio. O ouvinte liga e participa dos programas, sinal de que ele está aberto para participar da programação da rádio”, avalia Marino. Na grade de programação: música, jornalismo e esporte. A Bandeirantes AM quer permanecer no mercado como uma emissora voltada à comunidade. Os principais programas são Manhã Bandeirantes, com a participação ao vivo do ouvinte, Ciranda da Cidade e Mais Mais da semana, que vai ao ar aos domingos.
Novos veículos e anunciantes
Além de informar, os novos veículos disputam os anunciantes, mas quem pensa que isso é um problema pode estar enganado. Cada vez mais os empresários optam por veículos que atinjam um público específico. Hoje, a coluna de Ricardinho Machado conta com cinco anunciantes. “Quem escolhe o meu site para fazer publicidade procura atingir um público jovem, pois falo muito em eventos esportivos e culturais, mas a coluna também atinge um público maduro”, avalia.
Os anunciantes da Rádio Bandeirantes vieram naturalmente, principalmente por já conhecerem o retorno de publicidade veiculada na TVBV e Band FM.
Marino diz que os anunciantes procuraram a rádio pela confiança e credibilidade da rede. Já a Gazeta Litorânea aposta nos pequenos anunciantes. “Nosso principais anunciantes são supermercados, livrarias, clinicas médicas e colégios”, comenta o diretor do jornal, Vanderlei Gouveia.


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *