Milionário russo compra parte da MPB

Ronaldo Lemos*

O documentário “Uma Noite em 67”, de Ricardo Calil e Renato Terra, retrata um momento importante da MPB: o final do Festival da Record daquele ano, que reuniu nomes como Gilberto Gil, Mutantes, Caetano Veloso, Edu Lobo, entre outros. Se você assistiu ao filme e prestou atenção nos créditos, viu que grande parte das músicas pertence à gravadora Warner Chapel, que acabou de ser comprada pelo milionário russo Len Blavatnik. As gravadoras multinacionais foram importantes para a nossa MPB. “Isso explica, entretanto, por que razão nossa música toca no mundo todo, mas não recebemos nada por isso, na maioria dos casos”, diz Ronaldo Lemos em sua coluna “Internets” no caderno Folhateen desta segunda-feira, 24/5. Ouça o comentário do colunista no podcast (*Folha, 24/5/11).

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *