Morre o “Cantor Galã” Roberto Martins

José Domingos Borges Teixeira

Ao abrir as mensagens recebidas encontro uma de Ubiratan Lustosa comunicando a morte de Roberto Martins, o chamado “cantor galã” que interpretava com sucesso canções românticas nos programas de auditório da Rádio Clube Paranaense – PRB- 2, nos anos 1960. Interessante que as inúmeras oportunidades que recordei cantores do rádio paranaense não o citei. “Não sei porque cargas d’água” como diziam os antigos não o mencionei. Agora com o comunicado de seu falecimento é que constatei esta minha falha. Era um cantor muito bem recebido pelo público sempre bastante aplaudido. Um dos destaques  do “cast” da Rádio Clube Paranaense.

O acompanhei em apresentações nos programas Festival na Antena, com Ubiratan Lustosa; Programa Sérgio Fraga, liderado por Sérgio Fraga; Expresso das Quintas, com Mário Vendramel; em programas apresentados por Mauro de Alencar e outros.

Foi companheiro de Universo Rodrigues, Gilberto Marques, Wilson Branco, Medeiros Filho, Chico de Lima, Luiz Silva, João Carlos, Telmo Soares, Lurdes Filheiros, Ilande Martins, Iracema Grein, Derli do Rocio, Irene Macedo, Odelair Rodrigues, Claudete Rufino e outros. È mais um da “velha guarda” da fase áurea do nosso rádio que passa para o andar superior. Deus o tenha.

Categorias: Tags: ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

2 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Caros Ouvintes, Caros Ouvintes. Caros Ouvintes said: Morre o “Cantor Galã” Roberto Martins: José Domingos Borges Teixeira Ao abrir as mensagens recebidas encontro u… http://migre.me/3IOmn […]

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *