Navegar é preciso

Uma emissora de rádio cria uma verdadeira sintonia na cidade onde está instalada e se for muito potente faz congraçamento entre cidades e mesmo entre países.
Por Murilo Cavalcante Brígido

Antes dos modernos meios de comunicação hoje disponíveis, como a Internet, o rádio existia para suprir diversas necessidades como: lazer, fazer companhia aos doentes, levar recados à comunidade às vezes muito distantes, realizar o ensino à distância, utilidade pública, como canal de reivindicação das populações, enfim uma pluralidade na qual ainda hoje continua imbatível.
Uma emissora de rádio cria uma verdadeira sintonia na cidade onde está instalada e se for muito potente faz congraçamento entre cidades e mesmo entre países.
A propósito, o rádio une até mesmo residentes no exterior, graças as ”ondas curtas” que paradoxalmente tem longo alcance e com isto matando saudades.
Portanto, se é gostoso ouvir rádio através das mais diversificadas ondas disponíveis (ondas médias, ondas tropicais, ondas curtas e freqüência modulada), melhor ainda é navegar nelas, pois navegar é preciso e no caso específico do Brasil, o rádio ostenta um brilhante lugar.
Seja, pois, mais um a proclamar o rádio como meio eficaz de comunicação não importando o local ou mesmo a condição, ela chega primeiro.
Para cada gosto, existe um tipo específico de rádio, contemplando faixas etárias variáveis. Esta capilaridade é fantástica, talvez seja por isto que ele é tão popular e exige uma programação muito séria, pois é formador de opiniões e muitas vezes o único disponível devido ser muito caro, por exemplo, comprar jornais.
Faz-se mister lembrar que a criação da Associação de Ouvintes de Rádio do estado do Ceará que congrega ouvintes apaixonados por rádio, preenche uma lacuna que de há muito se fazia sentir.
É bom lembrar que rádio é uma concessão federal, e, por conseguinte factível de ser perdida. O permissionário deve estar alerta de que a cada dia o povo ouvinte está mais ciente de seus direitos. E respeito aos direitos do ouvinte é  Lei.
Murilo Cavalcante Brígido
Educador – Membro da Associação de Ouvintes de Rádio


{moscomment}

2 respostas
  1. GRAÇA LIMA says:

    PARABÉNS PROFESSOR MURILO CAVALCANTE, “NAVEGAR É PRECISO”, É UM TEXTO DE EXCELENTE QUALIDADE, PRINCIPALMENTE PARA OS APAIXONADOS POR RÁDIO. SUA COLABORAÇÃO COM ESSE TIPO DE MATÉRIA FAZ COM QUE MAIS PESSOAS SE APAXONEM CADA VEZ MAIS POR ESSE MEIO DE COMUNICAÇÃO DE MASSA, PRATICAMENTE QUASE IMBATÍVEL COM OUTROS MEIOS DE COMUNICAÇÕES, O RÁDIO FOI E SEMPRE SERÁ AGRACIADO POR TODOS. O RÁDIO É UMA PAIXÃO A DESPERTAR.

  2. pedro thiago says:

    quem ouvi rádio fica ligado nas noticias do mundo a fora,parabéns ti murilo

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *