Nelson Tófano: da Lambreta ao sucesso!

Nelson no programa Gente Nossa

Nelson no programa Gente Nossa

Primeiro personagem de uma série de entrevistas realizadas pelo jornalista e apresentador de rádio e televisão Vilmar Minozzo, Nelson fala das ricas experiências que marcaram sua vida profissional. Com esta matéria o Instituto Caros Ouvintes inicia a publicação em áudio de documentos de seus próprios arquivos e também de colaboradores voluntários. Programa Nossa Gente: apresentação Vilmar Minozzo. Câmera: Carlos Medeiros. Switcher: Luiz Otávio Debertoli. Técnico de áudio: Jacsom Clemes. Editor: Rafael Oecksler. Supervisão Geral: Antônio Amaro de Souza (Tico). TVL 2009.

Lambretta. Lançada na Itália na primeira metade do século XX chegou ao Brasil na década de 1950 e virou cidadã com um “t” só.

“Apresentado pelo jornalista Vilmar Minozzo, o “Nossa Gente” entrevista personagens que participaram da história recente de Blumenau, dentro e fora da política. Parte do bom efeito causado pelo programa está na apresentação do Minozzo. Ele muitas vezes grava sentado no quintal ou na sala do entrevistado. Com aquele sotaque italiano igual ao do meu tio Emílio e um jeitão de velho amigo da família, Minozzo descontrai a entrevista. Às vezes, parece que o convidado esquece que está sendo gravado. Já ouvi histórias engraçadas, curiosidades e versões históricas que desconhecia”. (Carlos Tonet – Folha de Blumenau).

3 respostas
  1. J.B.Telles says:

    Legal ouvir o Nelson. Trabalhei com ele (na Nereu) em 1961, com Geni Lino, Waldir Weingertner, J.Pedro, Àlvaro Correa, Ronaldo Follador, Valmor Letzov, Virgilio Leo…um time de primeira. Nelson não lembrou mas acho que ele comandava (escrevia e apresentava)”A cidade se Diverte” com um quadro em que imitava o Governador de São Paulo, Ademar de Barros. Nelson foi um grande profissional e é uma figura humana admirável.
    Parabéns por terem lembrado dele.

  2. Carla Cascaes says:

    Talvez o tempo da entrevista tenha sido curto demais.

    Não deu tempo (ou o Nelson esqueceu?) de commentar sobre a gloriosa passagem do radialista pela Rádio Tabajara, também de Evelásio Vieira, na época dirigida por Hélio Vieira (irmão de Lazinho), na cidade sulina de Tubarão.

    É uma pena…

    Abraços.

    Carla Cascaes

  3. João Baptista says:

    Você tem noticias do Valmor Letzov? Conheci Valmor em Paris naqueles anos 70. Alguma notícia dele ?

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *