Notícias em flash

Se vamos ao dicionário Aurélio, verificamos que a expressão “flash” significa clarão rápido e intenso, capaz de fornecer a luz necessária para se fazer uma fotografia em ambiente onde a luz natural não é suficiente.
Por Ricardo Medeiros

No caso do rádio, o termo designa uma matéria curta com o objetivo de passar aos ouvintes algumas informações básicas sobre determinado assunto.
O flash não faz parte de algum programa específico, podendo ser planejado a inserção dele em qualquer parte da grade de uma emissora. Costumeiramente, a duração deste tipo de difusão da informação é de no máximo 30 segundos. Isto quer dizer que o repórter terá espaço para dar orientações mínimas ao receptor a respeito de um evento.
 
O flash pode ser feito ao vivo ou gravado. O material será constituído de apenas um texto do repórter ou mesclado com a intervenção de uma fonte.
Mas qual a diferença direta entre um flash e uma matéria clássica? Simples: o tempo de duração. O tempo empregado no flash é muito curto, com direito restrito de se informar que algo está ocorrendo, sem
maiores pormenores. Quanto a uma matéria, que sem sonora varia de 40 a 60 segundos, dá condições para que seja feito um relato um pouco mais detalhado de uma situação.
CABEÇA DE UM FLASH
A CANTORA DANIELA MERCURY SE APRESENTA HOJE À NOITE NO RIO DE JANEIRO. // O SHOW ACONTECE NO MARACANÃZINHO, DE ONDE FALA AO VIVO O REPÓRTER LUCIO BAGGIO.//
TEXTO DO REPÓRTER LÚCIO BAGGIO
O PÚBLICO ESPERADO AQUI NO MARACANÃZINHO É DE 15 MIL PESSOAS. // A FILA É QUILOMÉTRICA PARA AQUISIÇÃO DOS ÚLTIMOS BILHETES PARA ASSISTIR A POP STAR BAIANA. // DANIELA MERCURY FARÁ UMA APRESENTAÇÃO DE 1 HORA E MEIA DE DURAÇÃO. // ELA VAI MESCLAR ANTIGOS SUCESSOS, COM CANÇÕES DO SEU NOVO CD: “FANTASIA”. // O SHOW COMEÇA ÀS 9 HORAS. // LÚCIO BAGGIO PARA O GIRO DE NOTÍCIAS. //


{moscomment}

Categorias:

Por Ricardo Medeiros

Doutor em Rádio pelo Departamento de História da Université du Maine (Le Mans, França). Radialista, jornalista, escritor e professor de rádio do curso de Jornalismo da Faculdade Estácio de Sá de Santa Catarina e assessor de imprensa da Prefeitura de Florianópolis. É um dos fundadores do Instituto Caros Ouvintes.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *