Números de Santa Catarina chamam atenção no Atlas da Notícia

Santa Catarina possui a maior proporção de jornais impressos, com 6,78 veículos a cada 100 mil habitantes, seguido de Rio Grande do Sul (4,53) e Distrito Federal (3,18). Este é um dos dados relacionados ao estado que mais chamam a atenção no Atlas da Notícia, mapeamento realizado pelo Observatório da Imprensa em 1.125 cidades nas 27 unidades da federação e que visa valorizar o jornalismo local.

Os dados do Atlas foram levantados a partir do acesso à Lei de Acesso à Informação para obter dados da Secom, órgão da presidência da república. Também foram usadas informações compartilhadas por voluntários e outras fornecida pela Associação Nacional de Jornais (ANJ). No total, foram mapeados 5.354 veículos entre jornais impressos e sites de notícia no Brasil.

No total de veículos mapeados por estado, Santa Catarina, com 547 veículos, ocupa o terceiro lugar no levantamento, ficando atrás de São Paulo (1.641) e Rio Grande do Sul (600). Mas levando em conta a população, o estado, ao lado do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul, passam a ocupar as primeiras posições com 8,8 veículos mapeados a cada 100 mil habitantes. No ranking das 30 cidades com mais veículos de notícia impresso e online, o estado é o segundo em número de cidades (Florianópolis em sexto, Criciúma em 26º e Chapecó em 28º), ficando atrás apenas do estado de São Paulo.

Enquanto em relação aos jornais impressos o estado está em primeiro lugar no levantamento, no ranking de sites jornalísticos Santa Catarina aparece em terceiro. Neste critério, o Distrito Federal é a unidade federativa com o maior número de sites jornalísticos por 100 mil habitantes (4,64), seguido de Rondônia (2,39) e Santa Catarina (2,03).

Outro dado que chama a atenção é a posição de Santa Catarina quando o Atlas faz a relação entre números de veículos com o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), medida que tem longevidade, educação e renda como indicadores. De forma geral, aponta o estudo, quanto maior o nível de IDHM no estado, há mais jornais impressos e online.

Neste critério, Santa Catarina e o Distrito Federal foram as unidades federativas com a maior proporção de veículos mapeados, enquanto Alagoas, Maranhão e Pará possuem índices de IDHM menores que 0,65 e menos de 1 veículo a cada 100 mil habitantes. Na relação número de jornais impressos e IDHM, Santa Catarina se destaca como o estado com maior concentração de jornais impressos (6,8 a cada 100 mil habitantes).

No caso de Santa Catarina, Florianópolis aparece em posição de destaque em diferentes critérios usados pelo Observatório da Imprensa. De acordo com o Atlas, a Capital catarinense, com uma população de 420 mil habitantes, tem 30 jornais impressos. Entre as capitais, a média de veículos (impresso e online) a cada 100 mil habitantes, Florianópolis registrou 16,7 veículos. Palmas (225), com 12 veículos, e Porto Alegre, com 8,5 veículos, aparecem em segundo e terceiro lugares. A título de comparação, Fortaleza aparece na última posição com 0,87 veículo por 100 mil habitantes.

O Atlas da Notícia destacou também dados excluindo do levantamento o eixo São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. A amostragem neste critério inclui 1.075 cidades, representando 108 milhões de habitantes (de acordo com o censo IBGE), com um total de 4.155 veículos e uma média de 3,9 jornais impressos ou online por cidade. Neste levantamento, Florianópolis ocupa o terceiro lugar com 70 veículos, atrás de Porto Alegre (119) e Curitiba (77), respectivamente.

Saiba mais e confira o Atlas da Notícia.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *