O poder de um anúncio oportuno e outras lembranças

O primeiro curso universitário de propaganda de Santa Catarina teve início dentro da agência Scriba de Blumenau no início de 1990.

1a turma PP Furb

Formandos da 1a. Turma de Comunicação Social da Furb. Acervo Fabrícia Durieux Zucco

Quem conta é o publicitário José Geraldo Reis Pfau, o Zé Pfau, então um dos diretores da agência e que viria presidir a comissão de estudo de viabilidade de implantação do Curso de Comunicação Social da Furb – Universidade Regional de Blumenau. O curso foi criado ainda em 1990, e de imediato seguiu-se a implantação e começou a funcionar no ano seguinte. A primeira turma graduou-se, quatro anos depois, em setembro de 1995.

Em recente matéria publicada no site do pesquisador Adalberto Day, Pfau relembra: “Deve ter sido no inicio do ano de 1990, talvez no dia do publicitário (4/12), quando a equipe de criação da Scriba Comunicação elaborou anúncio a ser publicado no “Santa” (Jornal de Santa Catarina) solicitando a criação do curso de Propaganda e Publicidade para nossos vizinhos da FURB implantar” (Agência e Universidade ficavam de frente, na mesma Avenida). “Havia um clima de lançamento de novos cursos e a criação foi feita em cima de texto com pichação de muro, o que calhava com os movimentos populares que brotavam em todo o país” acrescenta o publicitário.

Em seu depoimento, Zé Pfau, como gosta de ser tratado, acrescenta: “O recado deve ter atingido em cheio os professores da área de ciências sociais. Dia 31 de julho a comissão de estudos que eu presidia – e estava composta dos professores Antônio Moacir Pereira, empresário Aniceto Mund, prof. Bráulio Maria Schloegel, jornalista Carlos Alberto Ross, senhores Carlos Tonet, Júlio Cesar Vieira e prof. José Endoença Martins – encaminhou ao Reitor professor, José Tafner, da Fundação Universidade Regional de Blumenau, o estudo de viabilidade para implantação do Curso de Comunicação Social.

Lembro aqui desses fatos, que mesmo residindo em Florianópolis, lecionei durante três semestre na fase pioneira da primeira turma como professor convidado.

Entre as boas recordações que carrego lembro com saudade das batalhadas quatro aulas das sexta-feira a noite e de tantas outras nos sábados pela manhã intercaladas de uns bons chopes num dos restaurantes que ficavam ao lado do Hotel em que eu me hospedava.

Outra grande lembrança foi eu ter sido escolhido padrinho da turma depois de ficar afastado dela por quase três anos, pois eu morava em Florianópolis e tínhamos muito pouco contato. Foi uma festa monumental no auditório da Fundação Carlos Gomes reunindo formaturas de diversas disciplinas.

Sidnei

Ex-aluno e líder da primeira turma do curso de Publicidade e Propaganda da FURB

Depois, em 2005 novamente fui lembrado e participei como palestrante do evento dos 15 anos do curso quando foi lançado o livro “15 Anos de Sucessos!” onde generosamente o ex-aluno e empresário Sidnei Luiz Speckart escreveu: “Com o começo das aulas percebemos que o romantismo tinha ficado na lista dos aprovados. A gente era da primeira turma, mas isso tinha um preço. Se por um lado tivemos aulas com ícones da propaganda catarinense, com Antunes Severo, tivemos também uma professora que, em sua primeira aula, mandou para o quadro um autdoor, assim mesmo com “a” , para uma plateia paralisada. Meu Deus! Onde foi que amarrei meu burro”, exclama dramático o Sidnei.

Este artigo faz parte da série Apontamentos para a História da Propaganda em SC

1 responder
  1. Adalberto Day says:

    Severo
    Sensacional essa postagem. Ao Pfau, Sidnei parabéns.
    Assim temos esse belo curso em nossa Universidade, e quem ganha somos todos nós;
    Adalberto Day cientista social e pesquisador da história

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *