Rádio de todos os dias, de todos os tempos – 1

Do site http://www.laud.no/ww2/

Estamos acostumados, aliás, mal acostumados a vincular um determinado momento da radiodifusão no Brasil, como sendo a Era do Rádio. O rádio como conhecemos hoje – conteúdos transmitidos por ondas hertzianas – tem um tempo na história que remonta ao século 19, incluídos os estudos do padre Roberto Landell de Moura e o pioneirismo de Edgard Roquette-Pinto no início do século 20. Fato curioso, porque ainda não observado sob o rigor da pesquisa formal, é que o rádio tem na sua história muitos momentos ligados ao mês de setembro. Por isso, reunimos uma série de artigos, escritos ao longo dos anos mais recentes que vão ser postados no decorrer deste mês. Iniciamos com o artigo de Gilson Souto Maior, da Associação Paraibana de Imprensa, publicado no dia 22 de setembro de 2010: História do Rádio e do Radialista.

1 responder
  1. jose predebon says:

    Severamigo, é isso aí, prestigiar a memória do rádio é defender a nossa própria história – e é no respeito às nossas raízes que se fundamenta a cidadania – como estamos carentes disso! Severo, continue firme! Abrako do predeba 110908

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *