O radiotécnico ‘Russo’ do Bairro Garcia

David Hiebert, o “Russo” nasceu no dia oito de outubro de 1918 em Pascha-Tschokmak, Crimeia, no então Império Russo, hoje uma região que faz parte da Ucrânia. Sua família emigrou para o Brasil em 1930.

 

"Russo" e filho Adolfo em sua bancada na oficina no bairro da Glória.

“Russo” e filho Adolfo em sua bancada na oficina no bairro da Glória.

Depois de trabalhar na floresta virgem por alguns anos e ainda adolescente, o Russo do Garcia foi trabalhar na Haco da Vila Itoupava, depois foi tentar a sorte em Curitiba. Retornou em seguida para Santa Catarina. Em Brusque, definiu-se como tecelão na Carlos Renaux e finalmente veio morar no Bairro Garcia, em Blumenau, onde trabalhou na Empresa Industrial Garcia até se aposentar em 1969.

Sua vida para nós começa aqui quando paralelamente ao ofício de tecelão ele fez o Curso de Rádio Técnico por correspondência na National School, de Los Angeles, Califórnia, USA. David Hiebert, o “Russo” virou radiotécnico. Leia aqui sua cativante trajetória.David Hiebert

3 respostas
  1. Adalberto Day says:

    Para nós na infância ele foi o homem do alto-falante, da música tocada para toda comunidade ao redor das casas populares da EI Garcia, o homem que consertava rádios e vendia dos famosos Sharp e Mitsubishi, ainda tenho um exemplar aqui em casa comprado em 1962.
    Uma bela história de alguém que nos anos 50 e 60 foi um grande personagem de nossa comunidade. Pena que partiu cedo como explica no texto seu filho Valter Hiebert.
    Enquanto viveu foi um exemplo de pai e de cidadão Garciense.
    Adalberto Day cientista social e pesquisador da história em Blumenau

  2. Antunes Severo says:

    Caro Adalberto, o seu trabalho de pesquisador tem sido de muita importância para nós e para nossos Caros Ouvintes e leitores. Somos gratos também aos demais pesquisadores e colaboradores do blog.

  3. Valter Hiebert says:

    Agradecemos ao”Caros Ouvintes” e ao Adalberto Day pela publicação da biografia de nosso pai. Importantíssimo também registrar a relevância do trabalho que o Adalberto Day desenvolve a muitos anos para preservar a memória do bairro Garcia e da cidade de Blumenau. Não fosse a sua persistência e competência muitos fatos marcantes da história da região teriam caído no esquecimento. Graças a seu trabalho nosso saudosismo é saciado semanalmente com as postagens em seu blog, mas o mais importante, muito de nossa história está preservada para que as gerações futuras saibam como foi nosso bairro da Glória, do Garcia, a cidade de Blumenau. Nesse momento em que voce trava mais uma batalha dessa longa guerra para preservar a tua saúde quero externar publicamente, em nome de minha família, de meus amigos do Garcia e de Blumenau, de todos aqueles que amam seu local de origem, bem como daqueles que ali foram acolhidos, que todos te desejamos plena recuperação, que a tua saúde permita que continues a ser o baluarte da nossa memória. Um grande abraço de todos nós para o nosso historiador Adalberto Day.

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *