Olha o nível…

-“Vossa Excelência é uma porcaria”. –“Sou, mas, Vossa Excelência é pior, ainda”. Esse é o tipo de diálogo que está na moda em Brasília. Os políticos  já não fazem mais discursos para defender idéias, propostas e os interesses do povo que os elegeu. Na maioria das vezes sobem a tribuna para denunciar ou se defender de uma denúncia.

E o povo estarrecido assiste a esse show de baixaria que surge quase diariamente na tela da TV Senado. Enquanto isso, as duas maiores redes de televisão do país, acompanham os políticos  e trocam acusações. A Globo faz ampla cobertura de investigações sobre suposto mau uso de dinheiro por diretores da Rede Record, que em sua defesa ataca o concorrente e seus diretores.

Há quem diga que essa briga esconde um problema de audiência que estaria tirando o sono de diretores da Rede Globo, desde o dia que a Rede Record decidiu se transformar na versão genérica da Globo, produzindo programas quase idênticos, em horários semelhantes e com muitas caras que se tornaram populares na telinha do “plim-plim”. Pode ser que seja, mas também pode ser que não seja.

Nos meus quarenta anos de atividade na televisão do Paraná, nunca vi nada parecido. Durante todo o tempo em que trabalhei no rádio e televisão, desde meus 14 anos de idade até o ano 2000, quando me aposentei, testemunhei o respeito que essas empresas de comunicação tinham por seus concorrentes, que eram chamados de “co-irmãos.” As disputam pela audiência ficavam  no campo da criatividade e talento de cada um. Foi um tempo em que não se fazia simulação de crimes no vídeo, não havia ênfase para noticias sobre violência e os políticos eram respeitados, por que mereciam  respeito.

Sem querem parecer um saudosista chato, não dá para encerrar sem a velha frase; bons tempos aqueles…

1 responder
  1. Jair Pereira says:

    é amigo, e ainda se cobra ética no jornalismo ! ética ? como assim ? se esses vagabundos do congresso tiraram até o diploma de jornalistas….agora qualquer um pode ser um jornalista, o congresso quer mesmo é um bando de analfabetos fazendo radio pra toda a massa ficar cada vez mais burros.

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *