Ondas enfraquecidas: cinco ângulos de uma realidade cansada **

Por que agências e anunciantes não se esforçam em veicular no rádio peças específicas e mais criativas? Meio & Mensagem consultou alguns profissionais de diferentes segmentos para apontar caminhos para estabelecer conexões mais criativas com o público radiofônico.

Anunciante

Fernando Julianelli Diretor de marketing da Mitsubishi

“Muitas vezes uma mensagem que está sendo veiculada no rádio poderia ser transmitida de outra maneira, mais eficaz, mas não acho que isso revele uma preguiça dos criativos. Acredito que, quando um criativo pega um trabalho para desenvolver, ele quer fazer a coisa mais legal e inovadora possível, seja para qual meio for. Em alguns casos, o que ocorre é que o próprio cliente não se interessa em investir no rádio, embora seja um meio interessante e no qual é fácil encontrar o target da sua marca. Além disso, em muitas cidades pequenas, o rádio tem uma importância enorme e é praticamente o meio que mais informa os moradores. No caso de empresas de serviço, como uma companhia telefônica que quer comunicar uma promoção ou vantagens para os consumidores, o rádio permite atingi-los muito rapidamente. Já em uma montadora, como é o caso da Mitsubishi, o meio precisa ser usado de forma mais estratégica, pois para comprar um automóvel o consumidor leva em conta diversos fatores, como marca, preço, atributos. Foi o nosso objetivo com a rádio MitFM — que ocupou o dial paulistano de 2008 a 2012 —, com a qual procuramos contribuir com a construção da marca e propagar o lifestyle que a Mitsubishi representa.”

** A matéria foi originalmente publicada na edição de meio&mensagem de 21/01/2013. Além do texto da repórter Beatriz Lorente que publicamos no dia 28/01, você poderá ler os depoimentos de Fernando di Genio, João Livi, Zenna Lopes e Fernando Julianelli nos próximos dias 30 e 31 de janeiro e 01 e 02 de fevereiro, aqui no Caros Ouvintes. (Colaborou Mazzuco Júnior)

Leia mais: http://www.meioemensagem.com.br/home/comunicacao/em_perspectiva/2013/01/22/Ondas-enfraquecidas.html#ixzz2JJbeEa6l

Categorias: Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *