ONU celebra Dia Internacional da Diversidade Biológica

As comemorações deste 22 de maio são organizadas pela Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco; em mensagem, Irina Bokova pede ação para proteger a vida marinha.

MÍDIA | Anelise Borges, da Rádio ONU em Paris

A ONU marca nesta terça-feira o Dia Internacional da Diversidade Biológica. Para comemorar a data neste ano, o tema escolhido foi a “Biodiversidade Marinha”. Em mensagem, o Secretário-Geral da ONU lembrou que apenas 1% do ambiente marinho está protegido. Ban Ki-moon pediu a cooperação internacional para que ao menos 10% das áreas marinhas e costeiras sejam protegidas até 2020. Já a diretora-geral da Unesco, declarou que a biodiversidade marinha é essencial para vida na terra. Irina Bokova afirmou que  “o oceano é o que faz o nosso planeta viver e respirar”. Segundo Bokova, a mensagem da Unesco para a data é “agir agora para proteger a biodiversidade no futuro”.

A sede da Unesco, em Paris, vai receber nesta terça-feira 200 jovens, entre 12 e 17 anos, para uma lição sobre os aspectos dos mares e oceanos. A Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco, a Fundação Total e o Aquário Nausica de Boulogne são parceiros no evento.

Entre os especialistas que vão compartilhar sua paixão e conhecimento sobre o tema com os jovens convidados estão o presidente do Museu de História Natural de Paris, Gilles Boeuf;  a jornalista e famosa campeã de vela, Catherine Chabaud, e o porta-voz da Comissão Oceanográfica Intergovernamental da Unesco e da Rede Ocean World, e Maud Fontenoy.

O Dia Internacional da Diversidade Biológica é celebrado todos os anos em 22 de maio. A data foi escolhida para comemorar a aprovação, em 1992, do texto da Convenção sobre Diversidade. O objetivo é aumentar a compreensão e conscientização sobre a biodiversidade.

Categorias: Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *