Os intocáveis

O tema da coluna de hoje são os flashs. O foco e a fama que se atribui à figura jornalística que aparece na televisão. A telinha acaba dando um certo ar de intocabilidade – é isso, acabo de inventar mais uma palavra. Os jornalistas da televisão e do rádio, às vezes, acabam assumindo papel de verdadeiros artistas. Essa postura pode partir do próprio profissional ou do telespectador-ouvinte que dá fama aos televisionados. Minha opinião quanto a isso é a mesma do meu biografado Mário Motta, devemos ser o que somos, sempre. Na TV ou não, estamos prestando um serviço e esse deve ser o objetivo principal do fazer jornalístico.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *