Parabéns Adolfo Zigelli

Parabéns para todos nós – familiares, amigos, amores, colegas que tivemos o privilégio de te conhecer enquanto aqui viveste.

avenca

Parabéns para nós que continuamos lembrando de ti quando vemos uma avenca como esta que conservamos em nosso coração; quando ouvimos a Marisa Gata Mansa ou a Neide Maria Rosa interpretando Viagem de Paulo Cesar Pinheiro e João de Aquino; parabéns para nós quando lemos a crônica de Aldírio Simões em que ele cita o texto da carta psicografada que enviaste em 17 de junho de 1982 para o teu amor eterno e que repito aqui agora.

12-adolfo-e-marisa-no-bilhar“Para Marisa. Eu que vaguei no espaço, procurei no infinito todo o amor que poderia te dar na aterra. Busquei nos labirintos o que te envolve no Amor e na procura de Deus. Hoje deixo-te através do veículo que encontrei, o que procuras na luta incessante da tua jornada. Hoje deixo-te catalogado eu o amor na terra é bonito, mas no além é infinito. Faças na terra tudo o que tens a fazer para quando chegar a tua hora, nos tribunais divinos, não tenhas mais nada a te corroer a alma ou a te dilacerar o coração. Guio os teus passos, acalento o teu coração; procura, então, a brandura que se encontra na prece que Jesus oferece a cada um de seus irmãos. E assim verás a maravilha que está em tuas mãos. Segue em frente. Eu te deixo para voltar outras vezes, trazendo o que teu ser está a pedir na angústia do silêncio que nos une. Com amor e com saudade. Adolfo Zigelli”.

Hoje, 12 de março de 2016, sábado, iluminado pela grandeza do sol nós estamos comemorando os 80 anos de nascimento de Adolfo Zigelli.

[ A crônica “Marisa Ramos, nas asas da liberdade” foi publicada no livro Retratos à luz da pomboca, de Aldírio Simões e reproduzida no site www.carosouvintes.org.br em 30 de julho de 2013 com transcrição do original por Giane Severo ]

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *