Por que sonhar se tudo está escrito nas estrelas?

Tive um sonho quando criança. / Será que tive, mesmo, um sonho? / Se você sonha e se esquece de persegui-lo, ou não tem condições de ir atrás, você esquece até que teve um sonho. / Pra quê sonhar, se tudo está escrito nas estrelas…? / Ou é letra de música? / Esqueci. // O bom do sonho é que ele vai fazendo parte da sua vida, enquanto outras coisas bem diferentes vão acontecendo à sua volta e enrolando você. / Tô enrolado faz tempo! / Falaram-me de um tal de Destino. Quem escreveu o meu Destino?

Tenho uma amiga poeta (Delasnieve Daspet) que escreveu um poema sobre o Destino:

Não conhecemos o destino,

Mas é forçoso termos um Destino qualquer.

Tudo  que nasce,

Que existe, que vive, funciona,

Morre e renasce para a harmonia do universo.

Tudo se transforma…

Parecem morrer a fim de renascer.

Amanhã  já não seremos, nada, além de uma palavra

Que ninguém pronunciará…

Gosto ocre de se sentir só,

Perene solidão!

Na verdade o caminho tem sido longo, como se a estrada não tivesse fim.

(Vai ver que é verdade o que dizem e não tem fim, mesmo!).

Saudade é o amor que fica!

Categorias: , Tags: , , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *