Pra que serve a web nas eleições

Já que o assunto entrou na pauta do Caros Ouvintes, aqui vai o meu pitaco: o melhor uso da web nas eleições parece que ainda não foi bem compreendido pelos partidos, candidatos, comitês e marqueteiros. Eles ficaram embevecidos pelo trabalho feito pela equipe de Barack Obama e sonham reproduzir por aqui a mesma estratégia. O que se está vendo? A maioria foi para a web com sites, blogs e redes sociais pensando em “propaganda eleitoral online”. Não foi o que fez a turma de Obama. Usaram muito bem a web como ferramenta de marketing direto/responsiva, para mobilização (o cabo eleitoral digital) e principalmente para arrecadação de recursos. Numa entrevista, Chuck Porter, co-chairman da agência americana Crispin Porter, confirmou que a web foi fundamental para Obama arrecadar os milhões de dólares que foram gastos na TV!

Categorias:

Por Emílio Cerri

Radialista, jornalista e publicitário. Âncora em rádio e telejornalismo em emissoras de Santa Catarina e Brasília. Como publicitário trabalhou em agências e empresas de Florianópolis, São Paulo, Rio e Brasília. É consultor de comunicação de marketing. Edita vários blogs (inclusive Caros Ouvintes). Palestrante internacional.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *