Praça Beto Stodieck

Cresce a mobilização de amigos e admiradores do jornalista Beto Stodieck pela definição do local da Praça em sua homenagem.

 Beto Stodieck3Ainda na quinta-feira, 23/7, o Diário do Leitor do DC publicou matéria assinada pelo economista Luiz Gonzaga Galvão. Amigo íntimo do jornalista, Galvão aponta uma série e argumentos que devem ser considerados. Diz ele: “A grane sacada do ano é a implantação de uma praça defronte ao Beiramar Shopping, no espaço que pertencia à União e que foi repassado à Prefeitura da Capital recentemente. E, por sua vez, o movimento deflagrado pelos Amigos do Beto para denominar esse logradouro de Praça Beto Stodieck é simplesmente sem igual, oportuno e lógico”.

“Por outro lado – acrescenta Galvão – aquele sítio, aquela rua (Bocaiúva) e aquele bairro tem tudo a ver com o Beto. Foi alí naquelas redondezas que o saudoso jornalista ilhéu nasceu, cresceu, estudou, graduou-se, fez amizades, enfim, viveu sua vida”.

“Beto era visionário , estava à frente do seu tempo. Jornalista guerreiro, singular, inteligente, amigo, sensível, sério, honesto, era uma pessoa querida por todos. Exalava amor e carinho por onde passava. Era um ser humano especial”.

Portanto, reforça Galvão, “nada mais sensato e justo do que a Prefeitura prestar essa homenagem a aquele que, com coragem e perspicácia, defendia esta cidade e a enaltecia de forma rara. Beto amava este chão sagrado e sua gente. A cidade carece dele. Beto faz imensa falta”.

Esta iniciativa conta com o apoio institucional de divulgação do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia. Textos com sugestões de pautas devem ser encaminhados direto para o Editor Rogério Mosimann

[ ico@infomidiacomunicacao.net ]

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *