Prêmio Estácio de Jornalismo abre inscrições para a edição 2019

A Estácio, uma das maiores instituições de Educação Superior, presente em todo o território nacional com cursos presenciais e a distância, contando com mais de 500 mil alunos matriculados, lança a nona edição do Prêmio Estácio de Jornalismo, que irá escolher as melhores reportagens veiculadas no país que tenham o Ensino Superior como tema central.

O objetivo da premiação é fomentar a cobertura jornalística sobre o assunto, ampliando o debate e aumentando sua importância para o desenvolvimento do país.

Veículos de imprensa de todo o Brasil podem concorrer ao prêmio nas mídias TV, Rádio, Internet e Impresso, tanto na categoria Nacional, quanto na Regional. As inscrições poderão ser efetuadas até o dia 8 de julho de 2019. São elegíveis matérias jornalísticas que tenham sido produzidas entre 3 de julho de 2018 e 6 de julho de 2019.

“O prêmio está em linha com nosso propósito de Educar para Transformar e é com muito orgulho que chegamos à nona edição. Temos o desafio de promover o debate sobre educação e também reconhecer a importância do trabalho dos jornalistas que sempre colocam o ensino superior em pauta. Além disso, o programa proporciona a oportunidade de participação e interação de nossos professores e alunos de Comunicação em fases da organização do evento. Para os estudantes em especial, é inspirador ter acesso aos conteúdos produzidos e contato com profissionais talentosos do meio jornalístico”, destaca Cláudia Romano, vice-presidente de Relações Institucionais e Sustentabilidade do Grupo Estácio e vice-reitora de Cultura da Universidade Estácio.

“Como professora é uma honra poder participar de uma das fases de julgamento das reportagens. O conteúdo produzido é muito rico. É como ter nas mãos um baú do tesouro repleto de boas apurações, pesquisa jornalística e muito talento”, complementa Gisele Barreto, docente do curso de Comunicação da Estácio.

Em quase uma década de existência, o programa registrou a participação de mais de mil jornalistas e profissionais de imprensa, que inscreveram mais de duas mil reportagens veiculadas em 26 estados e no Distrito Federal. Foram mais de 200 premiados, entre concorrentes individuais e equipes. Muito mais do que números, as matérias de cada edição sinalizam tendências, histórias e assuntos que precisam ser discutidos e expostos ao público.

“Percebemos que, além do crescimento do número de reportagens inscritas, há um aumento expressivo da qualidade e da diversidade de temas propostos. Matérias cada vez mais elaboradas e estruturadas mostram que os jornalistas estão se dedicando e se aprofundando para produzir reportagens sobre o Ensino Superior”, complementa André Marins, coordenador do Prêmio Estácio de Jornalismo.

A repórter Sabine Righetti, do jornal Folha de S.Paulo, ganhadora em duas edições, fala sobre como a instituição incentiva a discussão de um tema tão importante para a sociedade. “Neste momento do país, com tantos problemas econômicos e sociais, estamos aqui falando da solução, que é a educação. O prêmio é um incentivo, que nos diz: continue a realizar o seu trabalho”, afirma.

Um ponto forte da premiação é a formação da comissão julgadora, que confere credibilidade e comprometimento com a análise das reportagens inscritas. Além da participação dos professores do curso de Jornalismo da Estácio, já passaram pela banca nomes expressivos como: Gilberto Dimenstein, Heródoto Barbeiro, Augusto Nunes, Ricardo Boechat, Arnaldo Niskier, Roberto Muggiati, Cristiane Correa, Vera Íris Paternostro, Ilona Becskeházy, Paulo Nassar, Domingos Meirelles, Antonio Gois, Cristina Tardáguila, Eduardo Ribeiro, entre outros. De acordo com diversos participantes, o prêmio é considerado o mais importante e tradicional dedicado exclusivamente à temática.

“A organização tem uma curadoria rigorosa e que entende muito do setor e de jornalismo de educação. Por isso, o prêmio já se consolidou como a principal premiação no segmento”, define Flávia Yuri Oshima, jornalista vencedora em duas edições.

INSCRIÇÕES E PREMIAÇÃO

O prêmio conta com uma plataforma on-line de inscrição, que poderá ser acessada por meio do site oficial. O processo de inscrição é prático, seguro, rápido e é possível fazer o upload dos arquivos das reportagens via plataforma. Cada concorrente poderá inscrever até 5 (cinco) matérias.

A edição 2019 distribuirá 9 (nove) prêmios no valor total bruto de R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais), os quais sofrerão os devidos descontos legais, divididos da seguinte forma:

Modalidade Nacional

Impresso (jornal e revista) – R$ 15.000,00 (quinze mil reais);
TV – R$ 15.000,00 (quinze mil reais);
Rádio – R$ 15.000,00 (quinze mil reais);
Internet – R$ 15.000,00 (quinze mil reais).

Modalidade Regional

Impresso (jornal e revista) – R$ 10.000,00 (dez mil reais);
TV – R$ 10.000,00 (dez mil reais);
Rádio – R$ 10.000,00 (dez mil reais);
Internet – R$ 10.000,00 (dez mil reais).

Prêmio Principal

Grande Prêmio Estácio de Jornalismo – R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais).

Todos os vencedores receberão certificado e troféu alusivos à premiação.

Site: www.premioestaciodejornalismo.com.br

Facebook: www.facebook.com/PremioEstacioDeJornalismo

(Casa do Jornalista, 18/04/2019)

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *