Joven Pan Floripa

Programa pioneiro de jornalismo na Jovem Pan FM completa 4 meses no ar

Completando quatro meses no ar, o Jornal da Manhã, apresentado pelo jornalista Fabrício Corrêia na rádio Jovem Pan de Florianópolis vem se consolidando como uma nova tendência para algumas emissoras FM.

A migração de rádios AM ampliou o leque ou o perfil do ouvinte e por consequência pode trazer oportunidades para novos formatos de programas. O jornalismo pode ser um deles. Foi nesse filão que a Jovem Pan Floripa apostou ao trazer o programa de Fabrício Corrêia, que completou quatro meses no ar nesta sexta (01/09).  A atração conta com comentários pontuais de Ed Pereira e vai ao ar diariamente das 7 às 7h30.

“Nosso público é formado por ouvintes de 15 a 60 anos em média. Costumo brincar que são quatro gerações ao mesmo tempo acompanhando o noticiário”, afirma. “O programa no formato jornal ainda é diferente para FM, o que fez com que alguns não acreditassem no início. Somos pioneiros em Florianópolis no noticiário local no segmento FM e estamos crescendo comercialmente”.

A intenção é mesclar a tradição dos programas que eram veiculados na AM para a nova frequência, aliando a tendência de interação com as redes sociais. Durante meia hora, Corrêia comando o Jornal da Manhã passando informações sobre trânsito, tempo e noticiário geral da cidade.

“Nossos ouvintes são as pessoas que estão a caminho do trabalho ou da escola dos filhos e que nesse trajeto buscam informações da cidade como um todo”, destaca. “Também estamos buscando atuar na resolução de demandas, o que é uma das grandes ferramentas do rádio”.

Fabrício Corrêia atua há onze anos no jornalismo catarinense e possuí experiência principalmente nas emissoras AM: trabalhou nas rádios Record, CBN e Guarujá, além de atuar como apresentador e repórter por sete anos na RIC TV.  Segundo ele, devido à aceitação e retorno do produto, existe a possibilidade de aumentar o tempo do programa. “É mais uma opção de noticiário hiper local no momento de pico”, destacou.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *