Quase 3 bi de pessoas continuam sem acesso à internet

MILTON – Ethevaldo, qual é, na sua avaliação, o percentual da população mundial que já usa ou tem acesso à internet?

ETHEVALDO – Já são 40% dos 7,5 bilhões de habitantes do planeta que têm acesso hoje à internet. Se pensarmos apenas nas pessoas com mais de 7 anos de idade, serão cerca de 3 bilhões de seres humanos que ainda estão desconectados, ou fora da rede.

MILTON – Como incluir na rede esses 3 bilhões de habitantes do planeta?

ETHEVALDO: Há vários caminhos. Um deles é o nome de um projeto que tem exatamente o nome de OUTROS TRÊS BILHÕES, conhecido pela sigla O3B – do inglês Other Three Billion, que vai cobrir a faixa intertropical com um total de 12 satélites na órbita equatorial a 8.062 km de altura.

Nessa faixa entre os Trópicos de Câncer e de Capricórnio vivem 70% dos habitantes da Terra – e a maioria da população mais pobre do mundo, Milton.

MILTON – Que outras soluções existem para levar a internet a todo o planeta?

ETHEVALDO: Há soluções exóticas como o uso de balões estratosféricos, de drones e de satélites. Mas, como disse na semana passada em Barcelona, o criador do Facebook, Mark Zuckerberg, nenhuma outra solução tem sido mais eficaz do que o telefone celular e, em especial, o smartphone.

Concordo totalmente com essa visão. O celular é o carro-chefe da internet hoje, Milton. Vale lembrar que o continente com o maior ritmo de crescimento da telefonia móvel é exatamente a África, onde vive a população mais pobre do planeta. Eu acho, no entanto, que as demais soluções devam também ser estimuladas para acelerar a universalização da web em todo o mundo.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *