As radiais, televisivas e esportivas

Final de semana de muitos congestionamentos aqui em São Paulo com muita gente saindo para o interior, litoral e outros estados, com chuva e temperatura em declínio. Será que o mau tempo não vai atrapalhar a Fórmula Indy novamente neste domingo. As informações dão conta que o Grupo Bandeirantes arca com despesas superiores a 50 milhões. Muita gente tem me perguntado a respeito da Rádio Record onde trabalhei durante o ano de 2009. Todos querendo saber o que está acontecendo. Pelas informações a emissora não está mais operando junto o complexo da TV Record na Barra Funda. Foi transferida para Santo Amaro. Sua programação hoje é tocada por pastores e bispos da Igreja substituindo os profissionais do rádio. A demissão de apresentadores e o termino das transmissões esportivas em cadeia com a Rádio Transamérica não teriam sido motivadas por audiência ou faturamento. Tudo estaria girando em torno de competitividade entre igrejas. Será?

A propósito do Grupo Record, a Record News deverá mudar totalmente sua programação após os Jogos Olímpicos de Londres. As mesmas informações dão conta que ela deverá se transformar numa tevê de cunho religioso em grande parte de sua programação. Vamos esperar para ver se isso se irá confirmar.

A Rádio Guarujá de Florianópolis por enquanto está abrindo grande espaço de sua programação para a Estadão/ESPN de São Paulo. Essa mesma fonte diz que não era isso que se divulgou quando o SCC (Sistema Catarinense de Comunicação) assumiu a emissora. Os Joffre Amaral são da área e devem saber muito bem o que estão fazendo. A lamentar apenas que Florianópolis não tenha neste momento a volta da Guarujá dos bons tempos quando era uma emissora eminentemente catarinense e ouvida em todo país pelas suas famosas Ondas Curtas de 49 metros.

São Paulo e Santos às 16 horas com arbitragem de Paulo César de Oliveira no Morumbi e Guarani vs. Ponte Preta às 18h30 no Brinco de Ouro com Flávio Rodrigues Guerra definirão no domingo os finalistas do Paulistão. O São Paulo não terá seu principal goleador Luís Fabiano, mas ficou feliz com o adiamento do jogo de ontem contra a Ponte Preta pela Copa do Brasil. Jogo, aliás, já confirmado para a próxima quarta-feira e o da volta no dia 10. O Santos retornou de La Paz onde perdeu na quarta-feira para o Bolívar e Paulo Henrique Ganso teria reclamado do adiamento do jogo do São Paulo que vai entrar mais descansado para o clássico.

Em Curitiba a Associação dos Cronistas Esportivos presidida pelo eterno Isaias “Bolinha” Bessa realizou a premiação dos melhores do rádio e da televisão com grande festa que teve a presença dos prefeitos de Curitiba e Londrina. Recebi e-mails de alguns amigos da crônica a respeito com elogios e críticas sobre a pompa da festa e dos nomes escolhidos. Como estou fora de Curitiba desde Janeiro de 2009 embora com residência e familiares na cidade não tenho a mínima ideia do que aconteceu ou estaria acontecendo. Espero que haja paz e respeito entre todos. Amém.

O rádio do Rio de Janeiro está agitadíssimo esta semana. A saída do Garotinho José Carlos Araújo para a Bradesco FM Esportes e a ida do Garotão da Galera Luiz Penido para a Rádio Globo mexeram com as estruturas do rádio esportivo carioca. Fazia tempo que isso não ocorria. São muito boas essas mudanças; acaba motivando todo o meio. Felicidades aos grandes companheiros José Carlos Araújo e Luiz Penido e também ao grande Washington Rodrigues o Apolinho que teve seu contrato renovado com a Super Rádio Tupi.

Subiu em 2009 e caiu em 2010 e agora volta à divisão principal do futebol paulista para 2013 o São Bernardo Futebol Clube. Cidade das mais importantes no contexto industrial do pais São Bernardo do Campo jamais poderia ficar fora da principal divisão do nosso futebol assim como Santo André outra potência do ABC. Por serem próximas à cidade de São Paulo como também é São Caetano do Sul os clubes destas cidades não tem torcidas exclusivas. O torcedor de lá sempre torce pelo time da casa, mas tem sua preferência por um grande de São Paulo. E outro problema que espero um dia seja resolvido é a falta de emissoras de rádio nessas cidades divulgando e transmitindo os jogos dos seus times. Quem sabe alguém se habilita.

Sidnei Campos, um dos maiores batalhadores do rádio esportivo do sul do pais vai trocar de casa dia 14 de Maio. Comandando atualmente a equipe esportiva da Super Rádio Colombo de Curitiba “o bigode” estará à partir desta data com sua equipe esportiva em um novo prefixo. Ficou acertado que permanecerá na Colombo até o final do Campeonato Paranaense. O novo prefixo já está acertado mas o sigilo é mantido neste momento. Sidnei deixa a Rádio Colombo que por questões financeiras está abrindo espaço para que mais uma igreja esteja divulgando seus objetivos para a comunidade. O rádio está assim: “tem dinheiro leva”. As igrejas devem ter espaço, mas, o abuso que se verifica no Brasil está muito além da realidade. E cadê a fiscalização da Anatel e do Ministério das Comunicações. Boa sorte andorinha.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *