Rádio Esportivo: panorama 2013

Poucas mudanças no rádio paulista no começo do ano exceto o término da parceria Estadão/ESPN. Agora a Rádio Estadão opera novamente de forma solo no AM700 e no 92,9FM. Tem um ótimo jornalismo baseado na fantástica estrutura do Jornal e Agência Estado de SP. Em seu quadro estão os mais brilhantes jornalistas da mídia impressa. Anuncia também a montagem de uma equipe esportiva. Quem sabe agora possa ter o retorno que não teve quando da parceria com a ESPN.

Em Curitiba a antiga Rádio Clube Paranaense agora RB2 com seus 50 quilowatts de potência retornou com toda força. Os Irmãos Redentoristas que estão no comando da emissora montaram uma estrutura invejável que poderá leva-la de volta aos primeiros lugares. Sua equipe esportiva é comandada pelo experiente Sidnei Campos contando com Osires Nadal, Paulo Foguetinho Mosimann, Remi Tissot, Toni César, Manoel Fernandes, Edson Thomaz e o também remanescente Carlos Kleina da antiga B2. Tem tudo pra decolar a rádio e o futebol da RB2.

Ouvi meu amigo Luís Cláudio Nóbilo, o Belo da Moóca deitando e rolando na Rádio Iguassu de Araucária que transmite as partidas dos grandes times de Curitiba. Também constatei locutores gritando mais do que o necessário. Um amigo que estava comigo saiu-se com essa: “Pô esses caras nem precisam usar de microfone”.

Tomei conhecimento que meu amigo Edgar Paschoal Schmidt estaria a caminho de Curitiba para assumir a rádio web do Clube Atlético Paranaense. Grande profissional o Schmitão deixou a Rádio Guaíba de Porto Alegre depois de uns vinte e poucos anos. Aliás, o que está acontecendo no rádio gaúcho? O grande Mario Lima se desdobra entre a Guaíba e a Eldorado de Criciúma; Haroldo de Souza foi narrar na Rádio Grenal! A Gaúcha liberou o pequeno-grande José Aldo Pinheiro que foi para a Bandeirantes! Nos tempos de Pedro Carneiro Pereira, Mendes Ribeiro, Armindo Antônio Ranzolin não havia tantas trocas no rádio gaúcho.

A Jovem Pan pretende contratar um narrador para a Fórmula Um. Tudo porque o Téo José pelos muitos compromissos no Grupo Bandeirantes deixou à emissora. Isso me fez lembrar o dia em que o Sr. Antônio Augusto Amaral de Carvalho precisou substituir o Barão Wilson Fittipaldi que se afastava das transmissões de Fórmula Um. Cheguei ao Seo Tuta e pedi que me desse uma oportunidade para transmitir as corridas. A resposta dele foi imediata: Meu filho, “seria o mesmo que cobrir um santo e destampar outro”. E lá foi o Nilson César viajar pelo mundo.

O Capitão Hidalgo está feliz da vida com a nova chance dada ao Professor Cleber Hidalgo, seu filho, um dos mais competentes preparadores físicos que conheço. Foi medalha de ouro no Parapan do Rio, Paraolimpíada da China com o futebol cinco de cegos. Já está em Manaus ao lado do grande Cláudio Marques iniciando a preparação do tradicional Fast Club para a temporada de 2013. Enquanto isso o Capitão Hidalgo ainda não se definiu pelos convites que tem para continuar comentando futebol. A única coisa que deixou o Capitão meio sem jeito no final de semana foi o resultado de um jogo de cartas entre amigos. Consta que ele e dona Clélia perderam a invencibilidade de anos.

O consagrado locutor Fernando César, ex-Rádio Banda B já está de casa nova. Está narrando na FM 95,7 da Grande Curitiba ao lado de Sérgio Prestes (o Cabeção), Fumaça, Nelson Santos e outros grandes radialistas. Sua estreia aconteceu no final de semana no jogo Atlético Paranaense e Rio Branco. Por outro lado o Rudimar Braga, hoje Rudi Braga foi contratado pela Banda B. Sucesso à todos.

Ainda bem que ele tem uma fábrica que produz doce de leite em Poços de Caldas do contrário não aguentaria o ritmo. Falo do empresário mineiro Hugo Botelho que narra futebol na FM Bradesco em São Paulo. Tomei conhecimento que ele transmitiu três jogos entre sábado e domingo e ainda teria apresentado programas na emissora. Quem faz um belo trabalho nessa emissora de poucos profissionais é o excelente Vanderlei Lima, gente da melhor qualidade.

E pra encerrar uma notícia triste. Faleceu no sábado em São Paulo o Sr. Amador dos Santos Machado, 89 anos, pai do grande Domingos Machado, ex-Plantão Esportivo das rádios Tupi e Globo. Seu sepultamento ocorreu no domingo no Cemitério Gethsemani em São Paulo. Ao amigo Domingos Machado e família, meus sentimentos.

Categorias: Tags: , ,

Por Edemar Annuseck

Edemar Annuseck, jornalista, narrador esportivo que iniciou na Rádio Nereu Ramos de Blumenau em 1964 e depois atuou nas Rádio Jovem Pan, Tupi, Record de São Paulo, Clube Paranaense, Cidade e Globo/CBN de Curitiba, TV Jovem Pan e SPORTV, Editor da página de esportes do Jornal A CIDADE DE BLUMENAU, cobrir 5 Copas do Mundo (74, 78, 82, 86 e 90).
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *