Regional FM: vice-líder na audiência na Grande Florianópolis

Emissora de Santo Amaro da Imperatriz, com pouco mais de dois anos no ar, chega à vice-liderança segundo pesquisa Ibope divulgada em janeiro. E não para aí. Investe em aumento de potência, instala estúdio na Capital e acelera crescimento da audiência na Ilha.
Divulgação

Além de ser a emissora de Santa Catarina que mais recebeu ligações dos ouvintes em 2007, a Rádio do Coração, também conquistou o segundo lugar geral na audiência na Grande Florianópolis, das 07 às 19h, de segunda a sexta-feira, horário nobre do rádio brasileiro, segundo a última pesquisa Ibope divulgada nesta semana.
Para o diretor geral da emissora, Luiz Carlos Goedert, os dados do Ibope começam a refletir os investimentos realizados pela Regional FM nos últimos meses em contratação de novos profissionais, como o locutor Rubinho e o aumento de potência irradiada. Desde dezembro a emissora opera em potência máxima permitida na sua classe e com isso aumenta a abrangência.
A Regional FM conquistou a segunda colocação no Ibope na Ilha, no mês em que foi inaugurado o novo estúdio na avenida Hercílio Luz, 716, no centro de Florianópolis. O estúdio é único no Estado, com uma grande vitrine que permite se veja o locutor no desempenho de suas atividades.
Os relatórios das ligações recebidas pela AGM (Telecom) apontam que a REGIONAL FM é a rádio de Santa Catarina que mais recebeu ligações em 2007, liderando em 11 dos 12 meses do ano passado, sempre batendo seus próprios recordes. A marca de 83.666 ligações não é a maior da história da rádio que em 2006 recebeu em um único mês 110 mil ligações, porém é o recorde de 2007. A AGM também divulgou que a REGIONAL FM continua isolada em primeiro lugar no ranking das emissoras desde que entrou no ar.  Florianópolis lidera a lista de origem das ligações recebidas, desbancando Palhoça e São José desbancou Santo Amaro assumindo o terceiro lugar.
 


{moscomment}

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *