Relembrando uma homenagem à velha PRB-2

Memória | Capítulo 16 | Rádio Paraná Educativa

Em 2004 meu amigo Paulo Chaves, diretor da Rádio Paraná Educativa, convenceu-me a voltar a apresentar programas de Radio, após um longo período em que estive sem atuar, apenas participando de entrevistas nas mais diversas emissoras. Ele já tinha um programa na Educativa chamado “Revivendo”, com transmissão de músicas do passado, e queria que eu fosse o seu apresentador. Para me convencer, disse que ele criara o “Revivendo” em homenagem ao saudoso colega e amigo Sérgio Fraga que apresentou com sucesso, por muitos anos, o programa “Relembrando” na velha PRB-2. Fraga e eu fomos colegas, amigos, sócios em agência de propaganda. Por muitos anos trabalhamos na Rádio Clube Paranaense. Essa homenagem a um amigo mexeu com meus sentimentos e comecei a me entusiasmar.

Papo vai, papo vem, e de repente lá estava eu de volta ao microfone como apresentador de programas. Era 11 de abril de 2004.

Esse meu retorno ocasionou, além de uma proveitosa terapia ocupacional, a oportunidade de conhecer mais colegas, fazer novos amigos, rever antigos companheiros, vindo de inhapa o reencontro com ouvintes dos velhos tempos. Isso tudo sempre é muito gratificante.

No “Revivendo”, além das melodias do passado, inclui sempre um comentário inicial, em geral trechos de minhas crônicas. Coloquei as trovas de meu amigo Orlando Woczikosky (o poeta da saudade), passei a contar causos e gafes anotados durante a minha longa carreira, acrescentei um pouco de informações sobre a minha amada Curitiba de outrora, sobre o Paraná do passado e, com a colaboração de meu amigo Zigmundo Schaikowski, o Zig, muitas coisas curiosas do Brasil e do mundo.

Na apresentação de programas sempre procurei ser fiel ao lema que aprendi no início da carreira e que preceitua como finalidade precípua do Rádio “divertir educando e educar divertindo”.

O respeito aos ouvintes é de vital importância para a radiofonia e um veterano como eu, que teve a felicidade de trabalhar ao lado de tantos talentos, fica extremamente feliz ao constatar que os anos passam, mas sempre existem competentes profissionais a batalhar pela grandeza do nosso Rádio.

Essa minha atividade na Rádio Paraná Educativa despertou-me o interesse em saber as origens dessa emissora. Procurei ajuda para, mais uma vez, fazer um retorno ao passado.

Comento essa história no próximo capítulo.

Ubiratan Lustosa. O rádio do Paraná – Fragmentos de sua história. Curitiba, 2009. instituto Memória. www.institutomemoria.com.br

Categorias: , Tags: , , ,

Por Antunes Severo

Radialista, jornalista, publicitário, professor e pesquisador é Mestre em Administração pela UDESC – Universidade do Estado de SC: para as áreas de marketing e comunicação mercadológica. Desde 1995 se dedica à pesquisa dos meios de comunicação em Santa Catarina. Criador, editor e primeiro presidente é conselheiro nato do Instituto Caros Ouvintes de Estudo e Pesquisa de Mídia.
Veja todas as publicações de .

Comente no Facebook

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *