Repórter Esso, 70 anos de radiojornalismo (6)

AudioDOC | História

“Acaba de suicidar-se em seus aposentos no Palácio do Catete o presidente Getúlio Vargas”. A notícia tem quase 60 anos, mas seria dada da mesma forma ainda hoje. A preocupação em antecipar as informações, a agilidade e os textos com frases curtas e objetivas ainda são marcas do radiojornalismo 70 anos depois que o Repórter Esso revolucionou o noticiário brasileiro como explica a pesquisadora Sônia Regina Moreira: “A grande diferença dele foi trazer pro rádio uma linguagem própria. E ele consegue com um programa de radiojornalismo fazer com que o rádio falasse pelo rádio – as frases curtas, as palavras simples, a forma de entonação com que a gente lê uma notícia, esse valor é o grande valor do Repórter Esso”.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *