Smartphones são 76% do total dos aparelhos em serviços no Brasil

NONATO – Bom dia, Ethevaldo, como vai?

ETHEVALDO: Bom dia, Nonato, bom dia, ouvintes. Tudo ótimo.

NONATO – Ethevaldo, na sua opinião, qual é o fato mais surpreendente que você destaca na área da telefonia celular no Brasil?

ETHEVALDO: É o crescimento da participação dos smartphones no universo da telefonia móvel brasileira.

Os smartphones já são 76% do total dos aparelhos em serviço no País, segundo dados da consultoria IDC e da ABINEE – a Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica.

NONATO – Mas o smartphone não é mais caro do que os celulares mais simples?

ETHEVALDO: É, Nonato, mas as operadoras acabam subsidiando porque mesmo os assinantes de baixa renda querem usar os novos serviços – com todos os recursos mais avançados e os aplicativos que rodam nos novos aparelhos.

As vendas de celulares atingiram um total de 28,2 milhões de aparelhos no período de janeiro a maio de 2014, o que representa um crescimento de 8% em relação aos cinco primeiros meses de 2013.

NONATO – E desse total, quantos são smartphones?

ETHEVALDO: Desse total, 71% são smartphones e 29% são celulares tradicionais.

NONATO – E qual é a previsão para todo o ano de 2014?

ETHEVALDO: Para todo o ano, a expectativa é de que sejam comercializados 64,9 milhões de telefones celulares, dos quais 46,8 milhões de smartphones e 18 milhões de tradicionais.

Mas é bom lembrar que o mercado cresce hoje mais devagar e está próximo da saturação. Mesmo que as vendas alcancem os 64,9 milhões de celulares, elas ficarão 5% abaixo do registrado em 2013, quando foram vendidos 68,3 milhões de aparelhos.

NONATO – Até amanhã.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *