Posts

Mãos ao alto, Bela vista!

Quem sabe se essa frase ainda é usada pelos bandidos; inúmeras outras expressões Mãos ao alto, Bela Vista! podem ser usadas, e nada mudará a sensação de impotência, de frustração, decepção, raiva; um desejo por justiça, mas onde ela está? Moradores de todo e qualquer bairro que passe pela crescente violência não fique se perguntando […]

Os três nódulos

Pois é. Quem está vivo sempre aparece. Eu que estou na janela da vida há 67 anos, desaparecer – como desapareci – dá na vista. Se, você que acompanha as minhas vidas de cidadão e profissional, ficou surpreso, imagina o que isso representou para mim. Sou um cara saudável, nos limites da média brasileira.

Experimente!!!

Dizer que todos somos especiais pode deixar dúvidas. Ser ou não uma pessoa especial pode envolver até que ponto estamos dispostos a aceitar algo novo.

Cardápio moral

Logo que chegamos a um restaurante recebemos um cardápio. Nossos olhos percorrem vertical ou horizontalmente em busca ao que nos agrade, atenda aos nossos desejos, apetite e bolso.

O moral e a moral – desencontros

Quando eu era criança ou adolescente, há uns 30 anos, ter faculdade, ou o curso superior não era algo tão comum, pelo menos não no meio em que eu vivia.

Elogie, critique, mas, por favor, diga alguma coisa

O silêncio pode ser uma linda canção quando estamos esgotados pelo estresse e ansiedades do dia a dia. Aquele momento em que todo o som parece uma bomba. Cada ruído parece à presença de um psicopata querendo nosso sangue. Nesses momentos o som do silêncio parece à música que nos leva ao paraíso. Mas há […]

Notícia ao Paulo

Dona Eugênia estava muito doente. Paulo, um de seus quatro filhos que trabalhava numa empresa de manutenção de elevadores andava muito deprimido. Aos 50 anos o alemão forte e durão não escondia o carinho e a preocupação com a mãe internada havia três semanas. No final da tarde de uma terça-feira, Antônio, irmão do Paulo […]

A última partida

Havia um campo verde, que se via das alturas. Eles não sabiam, mas ali se desenrolaria a última partida – aquela que  todos perdemos. Havia a alegria das conquistas em progressão, que levaram na mala dos sonhos. Risos, conversas e alegria barulhenta talvez ainda houvesse, mas já escurecida pela noite chuvosa e má, como diria […]

O homem do 4

Arnaldo vivia em Curitiba. Aos 44 anos e pai de 4 filhos estava com o casamento por um fio. Na realidade não era apenas o casamento de Arnaldo que estava a perigo, seu “pescoço” também. Ele havia acumulado muitas dívidas e estava desempregado já por 4 meses. Certa noite ao chegar em casa se deparou […]

Empatia e sensibilidade

Num mundo em que muitos reclamam do capitalismo. A população entretida em inúmeros afazeres de ordem profissional, acadêmica, social e recreativa. A tal crise financeira. O desejo de ter cada vez mais. Longos dias de trabalho. Picuinhas entre amigos e familiares. Toda uma correria “maquiada” por uma aproximação on-line. Estamos mais próximos graças à tecnologia […]