Posts

Ser ou não ser brucutu

Em se tratando de um jornalista reconhecidamente bem referenciado, esta sua confissão/desabafo serve para melhorar a auto-estima de um expressivo número de indivíduos que, ainda que menos radicais, rezam por semelhante “cartilha”, e, nem por isso, se consideram brucutus! Com toda  certeza ele não é o único a pensar e a agir assim. Abraços e […]

A diferença entre o remédio e o veneno é a dose

Algumas diferenças ou semelhanças na vida são muito sutis. Para não errar a medida, é preciso observação e equilíbrio. Nem só de TCC se faz uma faculdade. O trabalho dignifica o homem, mas as férias são sempre oportunas. Viajar é preciso, e voltar pra casa e retomar a rotina é fundamental; gratifica na medida em […]

Papo Livre 137: a matraca era o sino da Quaresma

Chegou a hora do nosso Papo Livre para eu contar causos pra vocês. No meu tempo de guri a gente dizia que a matraca era o sino da quaresma. Ela substituía os sinos nesse período de oração e contrição, traduzindo o sentimento de pesar da comunidade pela morte de Jesus Cristo na Cruz. Eu morava a […]

Irritações

Poucas coisas incomodam tanto os jornalistas quanto procurar uma informação e não achar porque a fonte se esconde atrás de um site e fica ali, na moita, rezando para não ser encontrado. São cada vez mais comuns os casos de pessoas e instituições que têm uma página na internet, por exemplo, mas não disponibilizam o […]

Pé de melancia

Quando Flávio José Cardozo brindou seus leitores com uma crônica memorável sobre a “arte de comer melancia”, duvido que algum deles não tenha ficado com água na boca. Não só pelo objeto de sua história, uma das frutas mais saborosas desses trópicos, mas por conta da maestria usada para contar como seu pai, no calorão […]

Plantas e firulas

Paulo Clóvis Sempre suspeitei que as plantas têm mais sensibilidade do que nossa ignorância atribui a elas. Agora, descobri que os seres do mundo vegetal contam com formas primitivas de memória, raciocínio e aprendizado. Para quem não consegue matar um formigão, a revelação doeu um pouco. Será difícil, de agora em diante, podar aquela goiabeira […]

Nevou na minha cidade!

Não estou falando de cidades do Sul do Brasil, onde os flocos de gelo eventualmente dão o ar de sua graça. Falo da “caliente” Santos, que continua linda e agora próspera, com: projetos de expansão portuária, exploração do pré-sal e melhoria da infra-instrutora empresarial e turística, de lazer e cultura, a exemplo do que também […]

Mãos

Sempre juntos, mãos abanando, são vagabundos. Um dia os três mal podem se arrastar depois do futebol e da pinga. Sentam na guia, trânsito pesado à frente, um deles com mãos trêmulas acende o toco que trazia no bolso. Como irmãos baforam a dois, enquanto o que não fuma observa na outra pista a mulher […]

Papo Livre 112: os barbeiros músicos e cantores

Nessas recordações dos velhos tempos e nossa muito amada Curitiba vieram-me à lembrança os barbeiros de outrora. A profissão de barbeiro sempre foi muito respeitada; havia barbeiros que também eram músicos e cantores, como por exemplo, o Ari que era violinista e o Guilherme que era cantor. Eu cortava o cabelo com o Guilherme de […]

Ilmar Carvalho volta à ilha

O sonhador que alçou vôo destas plagas catarinas e se transformou num dos maiores ícones contemporâneas entre os críticos musicais brasileiros, e que vive no Rio de Janeiro, volta agora via Internet e se declara também radialista bi-insular com cidadania das ilhas de São Francisco e de Santa Catarina. Ilmar foi um dos que fez […]