Posts

Fado

Após uma semanada de angústia, o mar estranhamente escasseado de peixe, Mestre Pedro postou-se acocorado, como o fazia desde menino, observando o mar na tentativa de decifrar os seus enigmas. Sabendo que o mar, como o amor, só consegue entender quem se entrega ao embate, decidiu ir ao encontro das águas profundas. Não tinha dúvida […]

Canoa Bordada

Ela já estava na praia quando as primeiras janelas se abriram na pequena vila de pescadores. Passou o dia perambulando, indiferente às pessoas que a observavam curiosas. Naquela época, era pouco comum a presença de estranhos na localidade. À aproximação da noite, as mulheres já recolhendo as roupas do varal e os homens as redes […]

Na Multidão (Crônicas da Desterro)

De repente, um rosto. Tela de Thiago Furtado inspirada no microconto de Norma Bruno (técnica: graffiti)          

Bilhete de Mendigo

Enquanto eu revirava a bolsa, o moço ao lado atendeu o celular encerrando a questão. Não era o meu. Em meio ao burburinho alguém chamou: – Senhora, hei! Senhora! Uma mulher magra e descalça sentada na calçada me estendeu a mão e o olhar suplicante: – Dá um trocado? Eu…(e foi baixando a voz, talvez […]

Faz Que Nem a Beata

Iam as duas no ônibus, sentadas lado a lado. Conversa vai, conversa vem… – Quanto é que tu cobras? Pergunta uma. – Setentão mais o ônibus, responde a outra. – É o preço, diz uma. – Ai, eu tô cansada das faxina, diz a outra.

A Rainha do Lar

Finalmente ela se convenceu de que a empregada não viria mais. Foi quando a moça mandou a irmã buscar o dinheiro pelos dias trabalhados. Ela ainda perguntou se a moça estava doente, se precisava de um adiantamento; uns dias de licença, quem sabe? A irmã disse que não, que só precisava mesmo do dinheiro e […]

A Menina dos Olhos Brancos

Chovia naquele dia uma chuvinha fina, daquelas boas pra ficar em casa.  Minha mãe fazia bolinho de frigideira para o café da tarde, nós, de pijamas, sentados à mesa, impacientes. Minha mãe tinha mania de fritar toda a massa antes que pudéssemos prová-los – Deixa esfriar!  E ainda seria preciso polvilhar açúcar e canela. Alguém […]

Caixa Eletrônico

Último dia útil do mês. Atrapalhada, a mulher tentava conciliar a profusão de contas a pagar e sua visível inexperiência com caixas eletrônicos. Atrás dela, um casal de surdos-mudos conversava na linguagem dos sinais. Enquanto a mulher se batia, o casal iniciou um caloroso debate sobre sei lá eu o quê. De repente ambos discordaram […]

Carro-de-Cavalo

Manhã de domingo, sessão das dez. Aos cinco anos fui ao cinema pela primeira vez. Meu pai me levou. O filme: Marcelino, Pão e Vinho. Depois fomos ao Gato Preto tomar gasosa. Assim se chamavam os refrigerantes na época. Voltamos para casa, no Saco dos Limões, num carro-de-cavalo. Cinema, gasosa e carro-de-cavalo, minha iniciação em […]

Lotação (baseado em fato real)

Quando entraram no ônibus já não havia lugares vagos, de modo que o jeito foi acomodar-se pelo corredor apinhado de gente enfrentando as arrancadas e as freadas bruscas a cada parada do coletivo. A sobrinha ainda quis interpelar alguém para que cedesse o lugar à tia idosa, mas ela não permitiu, conformada com a falta […]