Posts

Enredo maldoso

Memória | Rádio Clube Paranaense | Mário Vendramel Certa vez o Mário Vendramel foi entrevistado num dos programas de auditório da Bedois. Alguém da plateia fez esta pergunta: – Mário, se você fosse eleito Presidente da República, qual seria a sua primeira providência? E o Mário, inconsequente, respondeu: – Se eu fosse eleito Presidente da […]

Eles são uns trapalhões

Memória | Rádio Clube Paranaense | Humor Em seu programa de auditório Sérgio Fraga ao anunciar o cantor Escovinha – o rei da bossa, saiu com esta: – E agora, para o aplauso de nosso auditório, Escovinha – o rei da bosta! O reinado de Escovinha foi por água abaixo… ou esgoto abaixo. O Fraga […]

A saia justa de Élson Faxina e Jacinto Cunha

Memória | Capítulo 19 | Rádio Clube Paranaense As gafes no rádio dos anos 1950 e 1960 vistas hoje parecem coisas ingênuas diante da liberalidade dos costumes atuais. Mas, naquela época a coisa causava estragos que podiam encerrar a carreira de um locutor. Veja estas, por exemplo. “Élson Faxina havia ingressado fazia pouco tempo na […]

Só um

Em 1990 a equipe de Lombardi Júnior foi à Itália transmitir a Copa do Mundo. Eu já havia pedido demissão da Bedois, pois queria atender um pouco mais a minha agência de propaganda, mas resolvi seguir com a turma. Bolei um programa e convidei o Léo Pereira para juntos produzirmos e apresentarmos o mesmo. Demos […]

Mudo e perdido

Foi no início da década de 1950. Eu trabalhava na Rádio Marumby “a Emissora das iniciativas”. Estávamos estreando os “Walkie-Talkie”, transmissores e receptores portáteis que eram uma grande novidade. Grandes e pesadíssimos, eram úteis e cansativos.  Certo dia, a nossa equipe de esportes foi transmitir um jogo no Estádio Dorival de Brito. Era a inauguração […]

Golaço

Memória | Capítulo 19 | Eôlo César de Oliveira Eôlo César de Oliveira, veterano jornalista da Gazeta do Povo, era também redator e secretário da Rádio Clube Paranaense. Colaborei com ele na redação da sua coluna “Rádio & TV” pela qual mais tarde eu passei a responder. O Eôlo gostava muito de futebol e como […]

A troca de arcebispos

Memória | Capítulo 19 | Mancada | Rádio Clube Paranaense Até os anos 70 a Rádio Clube Paranaense tinha duas emissoras de Ondas Curtas, em 25 e 49 metros. A cobertura era internacional, mas em algumas regiões brasileiras menos distantes a sintonia não era satisfatória. Por isso, ansiávamos por ter uma emissora de Ondas Curtas […]

Décio Couto, suas “artes” no rádio e no artesanato

O administrador Décio Carvalho Couto soma à sua longa folha de serviços como executivo da área de comunicação em empresas de energia elétrica em Santa Catarina, um cabedal de causos ligados ao rádio e seus personagens. Mas, é também exímio artesão criando e produzindo verdadeiras obras de arte sacra. Nossa amizade vem dos tempos da […]

O imperador morreu jogando bola

Não estamos em priscas eras, nem no Brasil colônia, nada disso. Não se trata do céu, tampouco da Terra. É um 24 de setembro, mas não um dia qualquer. Viajamos para outra dimensão, onde é possível reunir várias épocas e personalidades, a maioria delas mortas, mas todas capazes de chutar uma bola e isso faz […]

Rainha poderosa

Orlando Albérti era um especialista em Código Morse. Ele mantinha uma atividade de grande importância para as emissoras de rádio e jornais de antigamente: recebia em Morse os noticiários das Agências de Notícias internacionais e fornecia aos veículos de comunicação. Era o único a fazer esse serviço. Recebia as notícias em Morse, decodificava já datilografando […]