Posts

Quando eu era desse mundo

Juca levava a vida do jeito que bem gostava. Uma vida de exageros, de festanças, boemias, e jamais levava um namoro a sério. Até os amigos de bagunça o chamavam de mundano. Juca era o cara do mundo. Não dava atenção a mais nada. Mas havia um detalhe que os amigos bem sabiam a seu […]

Reunião de condomínio

(Um bate-papo entre um leitor e o colunista) -Quer relaxar? Quer uma conversa civilizada? Quer ouvir pessoas se expressando educadamente? Quer falar sem ser interrompido? NÃO VÁ A UMA REUNIÃO DE CONDOMÍNIO. -Que absurdo caro colunista. Todos sabem que não devemos perder a reunião de condomínio. Como participar das decisões se ficarmos em casa? – […]

O homem do 4

Arnaldo estava endividado. Cheque especial, cartão de crédito, cunhado, lojas locais, etc. Morando em Curitiba era um apaixonado por corridas de cavalos; os amigos diziam que ele era viciado. Para completar sua dura fase o patrão o chama e começa aquela velha história de épocas difíceis, contenção de despesas e que, bem, Arnaldo estava demitido. […]

Memórias Caros Ouvintes

Eu estava na fila de um banco. Uma fila longa por sinal. De repente um rapaz começa a me olhar. Continua olhando. Fico desconcertado. O tal rapaz aproxima-se sorrindo. Eu olho pra ele na expectativa de o que ele dirá. O rapaz diz entusiasmado: – E daí cara, como vai? Poxa que saudades. Ta morando […]

Tal avô, tal o neto

Lá pelas cinco da tarde toca o telefone. Seu Valdemar atende: – Alô. – Oi vô, sou eu, tudo bem? Seu Valdemar tem mais de 10 filhos e pelo que sabe, 23 netos. Achou chato perguntar o nome, então pensou: Leonardo, João Vitor, Lucas, Guilherme, Vinícius, Eduardo, achou enfim que fosse o Lucas. E continuou […]

Gol sem sorriso

Aquela sexta-feira prometia. Pela manhã, Antônio provara sua nova prótese, ou sua dentadura. Aos 55 anos um homem ainda é vaidoso. No almoço, preferiu ir a uma churrascaria. Primeiro para comemorar a boca nova. Segundo, queria testá-la. Picanha, alcatra, linguiça, galeto, cupim, até polenta frita. Cem por cento, nota 10. Podia até comer pedra. À noite, […]

Fiado dobrado

Dizem que errar é humano, mas persistir no erro é burrice. Será? O barbeiro Leonel foi surpreendido por um novo cliente, um taxista, cerca de 60 anos, que depois uma boa conversa disse que não tinha dinheiro naquele momento. Perguntou ao barbeiro se poderia pagar outro dia. O barbeiro, gente fina, aceitou. A conversa seguiu […]

Blefe

O blefe não é usado apenas em jogos, como o de cartas, por exemplo. O blefe pode às vezes servir de saída de uma situação complicada, sem causar danos, principalmente para quem blefa. O fato aconteceu na bela cidade de São João Batista. Meu cunhado me convidou para ir a um supermercado. Fomos com o […]

A mulher do barbeiro

Olivia já andava cansada com as contas atrasadas. Como assistente de uma dentista em Florianópolis ganhava pouco mais de mil reais por mês. O marido, Jaime, havia montado uma barbearia fazia quase um ano. Moravam nos fundos do terreno dos pais de Jaime. Quando precisavam de um carro, usavam o carro dos pais de Jaime. […]

A mãe do Gabriel

Ela acorda sempre às 6:30h da manhã. Começa a preparar o café. Acorda Gabriel de 4 anos. Pega o lanche que o filho gosta e deixa na mesa. Gabriel está acordado, mas com preguiça, custa sair da cama. Mara abaixa-se ao lado da cama do filho e passando a mão sobre sua cabeça diz: – […]