Posts

Dia da Imprensa Catarinense

Instituído pela Lei Estadual 12.946/2004, o Dia da Imprensa Catarinense é comemorado em 28 de julho, data que faz referência ao início da circulação de “O Catharinense”, primeiro jornal impresso no estado, fundado pelo lagunense Jerônimo Coelho, em 1831.

186 anos da Imprensa Catarinense: Jerônimo Coelho será homenageado

Fundador do primeiro jornal a rodar na então província de Santa Catarina, o lagunense Jerônimo Francisco Coelho (1806-1860) receberá destaque da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) dentro da programação dos 186 anos do surgimento da imprensa no Estado. As homenagens ao fundador do jornal O Catharinense e Patrono da Imprensa Catarinense ocorrem no dia 27/07 […]

FOTO: Fábio Queiroz/Agência AL

Solenidade na Praça XV marca os 185 anos da imprensa catarinense

Os 185 anos de fundação da imprensa catarinense foram comemorados dia 28 de julho com ato na praça XV de Novembro, no centro de Florianópolis. Na ocasião, foi homenageado pela Associação Catarinense de Imprensa (ACI) o patrono Jerônimo Coelho (1806-1860) que, na mesma data em 1831, fundou na Capital o primeiro jornal do estado: O Catharinense.

Patrono da Imprensa Catarinense, Jerônimo Coelho, será homenageado

Fundador do primeiro jornal a rodar na então província de Santa Catarina, o lagunense Jerônimo Coelho (1806-1860) receberá destaque da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) – Casa do Jornalista.

Patrono da imprensa no Estado é homenageado

O lagunense Jerônimo Coelho (1806-1860), fundador do primeiro jornal a rodar na então província de Santa Catarina, receberá destaque da Associação Catarinense de Imprensa (ACI) dentro da programação dos 184 anos do surgimento da imprensa no Estado. As homenagens ao fundador do jornal O Catharinense e patrono do jornalismo de SC ocorrem hoje, em Laguna, […]

Jornais catarinenses do século 19 já estão na internet

“Nesta primeira etapa da digitalização trabalhamos com 193 títulos publicados em 25 cidades catarinenses. Jornais como “A Urucubaca”, “O Dente”, “O Facão” e “Oh Ferro” ficarão mais acessíveis para os pesquisadores, que procuram muito esse material”.