Talento cearense é banido no resto do país por emissora sulista

A queda de sinal via satélite da TV Diário de Fortaleza está gerando repercussão e revolta entre a população nordestina, principalmente a cearense.

Fora do ar desde a meia noite da última quarta feira, a emissora acarreta prejuízos e deixas seus milhares de telespectadores espalhados pelo Brasil sem programação regional que tanto contribuiu o sucesso de audiência. Blogs e sites especializados, diretamente apontam a Rede Globo de Televisão como a principal responsável pelo interrompimento do sinal. “A TV Diário corria na contramão dos interesses obscuros da Rede Globo”, publicou o blog Vi o Mundo, do jornalista Luiz Carlos Azenha.

Procurado pelo Jornal O Estado, o diretor da TV Verdes Mares de Comunicação e presidente da Acert (Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão) Edilmar Norões, informou que só fará qualquer tipo de declaração após a reunião da Associação marcada para a próxima quarta feira, dia 04. Alguns apresentadores da TV Diário, que foram procurados pelo O Estado, também preferiram não divulgar qualquer tipo de comentário.

Segundo o Vi o Mundo, no contrato da TV Globo com as afiliadas, não existe nenhuma cláusula que impossibilite o mesmo grupo possuir outra emissora via satélite para todo o Brasil. Isto salienta o receio que a “Toda Poderosa” tinha do crescimento de público que a regional TV Diário vinha angariando com a competência dos diretores e artistas cearenses.

Entretanto, o mesmo site criticou a forma que a imprensa local está tratando o ocorrido, porém, lembrou que apenas o jornal O Estado divulgou o assunto na mídia de massa cearense. “Para levantar o questionamento foi preciso que blogs e suas forças reprimidas pelas indiferenças das mídias tradicionais, saíssem de suas esferas cotidiana na reflexão da notícia, prestes a ganhar o mundo”, escreveu Carlos Azenha.

>>Comunicado. A reportagem do O Estado entrou em contato com a Central Globo de Comunicação, que respondeu através de um comunicado enviado a redação. “ TV Globo, como cabeça da Rede Globo, formada por 121 emissoras procura procura harmonizar os sinais de VHF e UHF de forma que estas fiquem circunscritas a seus territórios de cobertura. Desta forma, em busca de uma harmonia entre todas e pelo respeito recíproco aos interesses, a atuação da TV Diário estará restrita a seu território de cobertura, não sendo mais captada em territórios de outras afiliadas. Seu sinal permanecerá no satélite, cobrindo o Estado do Ceará, porém, codificado”.

>>Profissionais de imprensa. Além dos telespectadores, jornalistas e pessoas ligadas à imprensa cearense também lamentam o ocorrido com a TV Diário. Tom Barros, apresentador da emissora, expôs sua indignação no Programa Paulo Oliveira veiculado na Rádio Verde Mares, ontem pela manhã. A declaração, publicada pelo blog Gente da Mídia, do jornalista Nonato Albuquerque, ressaltava que o talento nordestino jamais será abalado. “A competência jamais será destruída por um desejo de um grupo. Nós estamos preparados, para outra vez, levar ao País inteiro o que é nossa gente, o que é nosso povo, e não vamos nos quedar diante dos brutos e dos poderosos”, desabafou o comunicador.

>>Histórico. A TV Diário foi inaugurada no dia 01 de julho de 1998. A emissora foi colocada no ar para mostrar a região nordestina com uma linguagem coloquial desviando do foco pré-adquirido por outras emissoras do País. Seu desenvolvimento foi baseado em uma didática inovadora e diferente, que traduz a cultura e as possibilidades do povo nordestino.

O principal objetivo da TV Diário é difundir a cultura regional com suas características inconfundíveis de irreverência, humor, sensualidade e solidariedade. Para aquele espectador que deseja ficar “antenado” com os fatos mais importantes do nordeste, a emissora conta com uma equilibrada equipe de profissionais, responsável pela cobertura de diversificadas áreas jornalísticas.

Fonte: http://www.antonioviana.com.br/2009/site/ver_noticia.php?id=54455

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *