Televisão digital: desafios para a Comunicação

O livro da COMPÓS (Associação Nacional de Programas de Pós-graduação em Comunicação), publicado anualmente, terá como tema, em sua edição de 2009, a televisão digital.

O livro anual da Compós de 2009 (a ser lançado em junho de 2009) – denominado, provisoriamente, Televisão digital: desafios para a Comunicação – propõe agendar a discussão sobre as transformações na produção e recepção de conteúdos neste popularíssimo meio de comunicação, a partir de seu processo de digitalização. A tecnologia implantada em dezembro de 2007 traz indagações novas, como por exemplo: como as potencialidades técnicas dos meios digitais poderão provocar o surgimento ou a reformulação dos formatos televisuais até aqui consolidados? Quais mudanças ocorrerão nas estratégias de programação? O que  se pode esperar em termos de produção de conteúdos para a TV Digital, a partir da difusão não apenas aos receptores fixos, mas também móveis e portáteis? Qual será a configuração da interatividade na TV enquanto processo comunicativo possibilitado por dispositivos tecnológicos bidirecionais e/ou multidirecionais? Como a digitalização do meio impactará a nossa experiência sensorial com a televisão (modos de fruição)? Estas são alguns dos recortes temáticos que entendemos devem ser abordados nos artigos reunidos no livro da COMPÒS.

Essa definição de parâmetros nos parece fundamental, pois, no âmbito da Comunicação, os autores têm privilegiado, até agora, as questões tecnológicas com suas implicações políticas e econômicas, sobretudo. Entendemos que cabe, também, aos pesquisadores de Comunicação abrir espaço para reflexões que abordem outros pontos importantes no processo, tais como a produção de conteúdos e estratégias de programação, lugares por excelência dos problemas de linguagem que os novos meios propõem. Avançar nisso é, também, um modo de discutir como a digitalização midiática pode contribuir para criar uma televisão de qualidade, mais diversificada, inclusive no que diz respeito aos seus mecanismos de produção (produção independente, produção regional etc.).

Nesse contexto, os organizadores do livro da COMPÓS entendem que é importante estimular debates interdisciplinares nos quais ética, técnica e estética sejam articulados com vistas a intervenções propositivas e sinalizadoras de um modelo de referência sobre o qual a TV digital se desenvolverá como sistema expressivo e como esfera de interação social com novas propriedades e especificidades.

Os textos devem ser enviados até 30 de janeiro de 2009 para:[email protected] e [email protected]

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *