Testes retardam Endeavour

A NASA confirmou neste domingo que o lançamento do ônibus espacial Endeavour, programado para a tarde de sexta-feira, não partirá antes do domingo que vem, dia 8. Esse é o tempo necessário para que os engenheiros tentem resolver uma falha detectada num dos circuitos de aquecimento associado à unidade de potência auxiliar. O ônibus espacial tem três unidades de potência auxiliares, que proporcionam força hidráulica para manobrar o veículo durante a partida e no retorno à Terra. Cada uma delas tem dois circuitos de aquecimento que impedem o fluído de congelar enquanto a nave permanece no espaço. O dispositivo defeituoso foi trocado e passará por novos testes durante a semana, enquanto a tripulação retorna ao centro da NASA em Houston para treinamento adicional.Esta é a última missão do Endeavour, que será aposentado, assim como o Discovery que também enfrentou vários adiamentos antes de sua última viagem. O Endeavour vai levar para a Estação Espacial Internacional o Espectômetro Magnético Alpha 2, um equipamento projetado para medir raios cósmicos e identificar materiais inusitados no espaço. Vai transportar também uma plataforma logística com peças de reposição para suportar as operações na ISS após o voo do último ônibus espacial. A tripulação é formada pelo comandante Mark Kelly, pelo piloto Greg H. Johnson, e pelos astronautas americanos Michael Fincke, Andrew Feustel e Greg Chamitoff, além de Roberto Vittori, da Agência Espacial Europeia. Será a última vez, também, que uma tripulação de ônibus espacial realizará tarefas fora da estação, num total de quatro saídas.

0 respostas

Deixe um comentário

Gostaria de deixar um comentário?
Contribua!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *